Paraná

Morre adolescente que teve mais 60% do corpo queimado para salvar o irmão

Jovem de 16 anos, que teve 60% do corpo queimado ao resgatar o irmão em um incêndio, morreu no Hospital Universitário Evangélico Mackenzie, em Curitiba, nesta segunda-feira (18). A confirmação foi feita pela equipe do hospital que atribuiu à morte a uma infecção generalizada que, associada às queimaduras graves, provocou uma parada cardiorrespiratória.

Ela estava internada há mais de dois meses, mas havia deixado a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em 30 de janeiro, após 15 dias de internação.

O incêndio foi na madrugada do dia 15 de janeiro, na casa da família em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. O imóvel foi destruído pelo fogo. Toda a família conseguiu sair da casa a tempo, menos o menino Gabriel, de 4 anos, que foi salvo por Jackeline. Ele saiu ileso.

Bem Paraná

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.