Araucária

Mesmo com promessa da COMEC linha Araucária-Portão continua parando fora do terminal

Do Portal BandaB

Mesmo com promessa de retorno normal para o último sábado (21), o ônibus da linha Araucária/Portão seguia parando do lado de fora do terminal curitibano nesta segunda-feira (23), o que provocou a indignação de centenas de usuários que precisaram pagar uma passagem a mais para chegar aos seus destinos.

araucariaportal

A Banda B havia relatado a situação na última sexta-feira (20), após diversas reclamações. Segundo os usuários, além de ter que pagar R$ 5,80 para vir Curitiba, eles estão tendo que descer fora do Terminal do Portão, em um poste amarelo, em frente a uma loja de materiais de construção.

A Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) entrou em contato com a Banda B e prometeu que todos os passageiros poderiam voltar a usar o terminal sem ter que pagar outra passagem no sábado, o que não aconteceu.

“Não consigo acreditar. Estou pagando R$ 5,80 agora pra vir trabalhar em Curitiba e o motorista me deixa neste ponto fora do terminal. Tenho que entrar agora no terminal, pagando mais R$ 3,30 pra conseguir chegar no centro de Curitiba. E na volta, vai ser a mesma coisa. Onde vamos parar. è absurdo demais”, reclamou a diarista Gilvania Mendes, que vive em Araucária e trabalha em Curitiba.

A Banda B voltou a entrar em contato com o Governo do Estado, que informou que a empresa responsável pela linha já foi notificada para retomar a linha, mas não passou nenhum prazo para que isto volte a acontecer.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.