ParanáPolícia

Menino morto pela mãe tinha deficiência; mulher já havia sido denunciada

O pequeno Vitor Gabriel Silveira Oliveira, de 5 anos, foi encontrado morto em casa, no municípo de Palmas, região sul do Paraná. Segundo a Polícia Militar, o garoto usava prótese nas pernas e tinha problemas de locomoção. A principal suspeita do crime é a mãe dele, de 24 anos, que está internada em coma induzido na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santa Pelizzari após tentar se suicidar.

O corpo da criança foi encontrado no domingo (1º) pelo pai, que é vigia e estava trabalhando quando o crime aconteceu. Embora esteja internada em coma induzido, a mãe do garoto já está presa em flagrante e será ouvida assim que tiver alta do hospital. Ela deverá ser indiciada por homicídio, cuja pena pode variar de 20 a 30 anos.

Segundo a Polícia Civil, responsável pelas investigações, o corpo do menino apresenta um corte no pescoço e outro no pulso. Já a mãe dele, que foi encontrada ao lado da criança, tinha um corte no pulso. Além disso, uma faca e vários vidros de remédios vazios estavam próximos do corpo. A PM informou que a mulher teria depressão. Além disso, há cerca de 7 meses, a mulher chegou a ser chamada pelo Conselho Tutelar de Palmas após uma denúncia anônima de agressão contra o filho.

 

Bem Paraná

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.