Paraná

Massa de ar polar faz temperaturas despencarem no Paraná

Dizem que depois da chuva, vem a calmaria. No inverno paranaense, podemos dizer que, depois da frente fria, vem a massa de ar polar. O começo de semana foi de temperaturas agradáveis, com algumas pancadas de chuva isoladas por conta de uma frente fria que atuou sobre o estado nesta terça-feira (26). De acordo com o Simepar, a frente deve se afastar do estado já nesta quarta-feira (27) em direção ao Oceano Atlântico, dando espaço para uma massa de ar polar, que começa a atuar sobre o Paraná.

As temperaturas, que estavam altas principalmente durante a tarde, já não sobem tanto. Em Curitiba, as máximas estavam ultrapassando os 20° C durante a tarde. Agora, a previsão é que os termômetros não marquem mais do que 17° C. A mínima para a capital é de 9° C.

Durante a madrugada e manhã desta quarta, a variação de nuvens pode causar chuvas fracas na parte sul do estado e o declínio nas temperaturas deve ser geral. Em Foz do Iguaçu, a mínima é de 7° C e a máxima não passa dos 16° C. Em Guarapuava, a mínima é de 5° C e a máxima de 16° C.

Frio intenso chega na quinta-feira

Apesar da massa de ar polar começar a atuar no estado já nesta quarta, o frio mais intenso é esperado para a manhã de quinta-feira (28). A mínima na capital deve ser de 5° C. Na região sul e centro-sul do estado, há possibilidade de geadas. Em Francisco Beltrão, Guarapuava e Pato Branco, a mínima é de 3° C. Em União da Vitória e Rio Negro, a temperatura mínima deve chegar aos 2° C.

 

Foto: Antônio More. – PrOn

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.