Polícia

Marido coloca fogo em casa para matar a família e diz que foi pedido de líder religioso

Um crime chocante aconteceu na área rural de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, na noite desta terça-feira (18). As primeiras informações davam conta de que um casal teria discutido e que o marido teria incendiado a casa, que fica na Colônia Marcelino, com a mulher e o filho dentro. No entanto, aos guardas municipais, a esposa disse que o marido teria tentado contra a vida da família por conta da sua religião, alegando que seu líder espiritual teria orientado a necessidade desse sacrifício.

Quando a equipe da Guarda Municipal (GM) chegou ao local, encontrou a mulher, uma adolescente de 17 anos e o filho do casal, um bebê de dois meses, protegidos na casa de um vizinho. O guarda Celio explicou à Banda B que o marido teria tentado contra a vida da família por conta da sua religião.

 “Segundo ela, o líder da religião teria pedido um sacrifício de vida da esposa e do filho. Diante desta situação, conseguimos encontrar o suspeito e a mãe dele, que também teria relação com isso. Seria tudo combinado entre eles pela religião”, afirmou o guarda.

Um vizinho, que ajudou a vítima, contou como conseguiu tirar os pertences da adolescente de dentro da casa. “O rapaz surtou ali e disse que tinha a ver com a religião. A casa pegou fogo e ele estava em cima do trator, como se nada tivesse acontecido. Consegui juntar algumas roupas dela e a menina com o filho tinham saído já”, descreveu.

O guarda ainda detalhou que a adolescente e o filho tiveram muita sorte em serem salvos pelos vizinhos. “Muita sorte mesmo, porque a gente não sabe o que poderia acontecer com a vida dela e da criança. Nós chegamos a tempo de salvar a vida dessa adolescente e do bebê”, relatou.

O marido e a sogra da vítima foram detidos. Ele pode responder por dupla tentativa de homicídio e a sogra pela agressão à adolescente. Os dois suspeitos foram encaminhados para a Delegacia da Mulher de São José dos Pinhais.  O casal estava junto há pouco tempo e o caso segue investigado pela Polícia Civil.

Fonte: Banda B – 19/09/2018

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.