Brasil

Maioria dos brasileiros vai usar o 13° salário para compras na Black Friday

A Black Friday já está consolidada no calendário nacional. É o que indica pesquisa exclusiva do Mercado Livre com o Ibope Conecta, sobre o comportamento de compra do consumidor para a data. Entre os 1007 entrevistados pelo instituto no período entre 11 e 17 de novembro, 834 pessoas (83%) afirmaram que farão compras na próxima sexta, dia 24. E quase todo esse montante (93%) já está programado financeiramente para realizar suas compras. Mais da metade dos respondentes que recebem décimo terceiro salário (85% das pessoas com intenção de comprar na Black Friday) usará este benefício na próxima sexta-feira: 8%, de maneira integral (100% do décimo terceiro), e 50%, parte dele. Os 42% restantes utilizarão o décimo terceiro para outros fins.

O planejamento em relação ao que comprar na Black Friday também é uma característica entre os interessados na data. 63% deles disseram já estar preparados sobre o que comprar. Desse total, 36% disseram estar preparados há 1 mês; 30%, há 2 meses; e 29%, há três meses. Metade deles pretende aproveitar a Black Friday para antecipar as compras de Natal. E a categoria de celulares é a mais desejada por todos, como já vem acontecendo nos últimos anos. A categoria foi a mais mencionada entre os consumidores que farão compras na Black Friday, com 93%; seguida pela de Eletrodomésticos e Linha Branca (88%). Moda e Produtos para Casa também tiveram uma boa quantidade de menções, com 85% e 82%, respectivamente. 40% dos entrevistados comprarão até 3 produtos na promoção; 22%, no mínimo 4; 6% comprarão apenas 1 produto. Os 38% restantes ainda não se decidiram sobre a quantidade de itens.

 

Previsão de gastos e formas de pagamento

Neste ano, 38% pretendem gastar entre R$ 500 e R$ 2 mil. Uma parcela de 10% pretende gastar bem menos: entre R$ 100 e R$250. 7% pretendem gastar entre R$ 250 e R$350;  13%, de R$ 350 a R$ 500; e 10%, mais de R$ 2mil. Sobre a forma de pagamento, 37% pagarão suas compras à vista; e o restante (63%), de forma parcelada, no cartão de crédito, sendo que a maioria pretende parcelar a compra em três vezes (23%).

“A pesquisa confirmou o que todo o varejo já vinha sentindo: a Black Friday se consolidou como uma das principais datas para o setor. O consumidor já está habituado com as promoções e por isso, vem cada vez mais cedo planejando seu orçamento e monitorando os produtos para garantir uma boa compra”, declara Cristina Farjallat, Diretora de Marketplace do Mercado Livre no Brasil.

 

Destino de compras virtual

Apesar de já estar se tornando uma promoção forte nas lojas físicas, a maioria dos entrevistados percebe a Black Friday como uma promoção da Internet: 48% afirmaram que farão compras na data somente online; 42% farão em ambos os meios (online e offline); e uma parcela de 10% farão compras apenas de maneira offline (lojas e/ou shoppings).

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.