BrasilPolícia

Ladrão considerado morto acorda no IML após levar seis tiros

Isaías Alves Santos, de 25 anos, levou seis tiros na cabeça e foi dado como morto. No IML, o ferido acordou. A 24.ª Delegacia de Vera Cruz, na Bahia, já tinha registrado o caso como homicídio.

Nem o próprio Isaías sabia explicar como acordou depois de levar tantos tiros na cabeça e ainda estava falando. “Acordei e estava com dois algodões no meu nariz. Era uma sala onde estavam ali também outros corpos e eu comecei a gritar, a pedir por socorro. A enfermeira estava ali, queria entrar na sala para ajudar, mas ela estava com medo de toda a situação também”, contou ao programa Cidade Alerta, da TV Record.

O médico que o atendeu em seguida acredita que ele tenha sobrevivido devido à sua “cabeça dura”. Ele avaliou que o rapaz tem caixa craniana muito grossa. Isaías era usuário de drogas. Desde que saiu do hospital, porém, ele afirma não ter mais e drogado e espera apenas por cirurgia para retirar os projéteis de sua cabeça.

Pron

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.