Polícia

Jovem que foi filmado rasgando bandeira brasileira se apresenta à Polícia

O jovem de 24 anos, que foi gravado rasgando a bandeira brasileira durante ato no Palácio Iguaçu, se apresentou à Polícia Civil nesta sexta-feira (5). Ao lado do advogado, ele admitiu o envolvimento e afirmou que queria um ‘souvenir’ do ato.

A Polícia Civil confirmou que chegou até o jovem por meio da análise de imagens de câmera de segurança, fotos e vídeos publicadas na mídia. Na gravação, o rapaz aparece mascarado no momento em que a bandeira é rasgada.

De acordo com o delegado Rodrigo Brown, do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), o jovem é morador do bairro Sítio Cercado e responde inicialmente em liberdade. “Ele admitiu que queria apenas um ‘souvenir’ da manifestação e agora está sujeito a responder criminalmente e também a uma reparação do dano, já que a bandeira é avaliada de R$ 12 mil a R$ 15 mil”, explicou.

Identificado, ele passa agora a responder por dano ao patrimônio público e associação criminosa.

Investigações

Seis pessoas foram presas em flagrante durante os atos da última segunda-feira (1). Para o delegado, não há nenhuma justificativa para a destruição de prédios públicos e privados, além de símbolos da pátria. “Além do grande transtorno, acabam por frustrar os objetivos verdadeiros da manifestação, que é fazer valer os direitos de forma pacífica”, concluiu Brown.

.

Banda B

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduanda pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.