AraucáriaPolícia

Jovem de 29 anos é morto a tiros por no mínimo cinco suspeitos em Araucária

Um jovem de 29 anos foi morto a tiros em Araucária, na região metropolitana de Curitiba, na manhã deste sábado (20). Segundo testemunhas, um grupo de pessoas tirou a vítima da residência que ela alugava, na Rua Tucano, a levou para o quintal e efetuou diversos disparos.

A dona da casa onde o rapaz era inquilino contou à polícia que a única vez que ele causou problemas foi na noite anterior, quando convidou alguns amigos para passar um tempo no local. “Eles estavam fazendo muita algazarra. Tanto é que eu pedi que ele saísse da residência e ele foi bem educado, disse que ia terminar de pagar o aluguel e ir embora”, contou em entrevista à Banda B.

Segundo ela, Nelson Ricardo Gomes era inquilino dela há um mês e meio. “Ele morava com a esposa, mas recentemente os dois se separaram. Ele, então, chamou esses amigos para passar a noite lá, falou que trabalhavam juntos, mas eu não sei no quê. O Ricardo só havia me dito que era montador de móveis”, completou.

Antes do crime, a mulher escutou ainda uma discussão entre o grupo e a vítima. Ao perceber o que estava acontecendo, ela ouviu alguém dizer “Não se assuste, estamos matando um ladrão”.

De acordo com o soldado Jorly, da Polícia Militar (PM), ainda não há informações se a vítima contava ou não com passagens pela polícia. “Testemunhas apenas afirmaram que essas pessoas estavam na casa à noite e, hoje pela manhã, o rapaz foi morto. Não é possível saber se se trata do mesmo grupo. Agora, a Polícia Civil deve investigar o caso”, comentou.

 

(Foto: Flávia Barros – Infos: Banda B)

 

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.