Paraná

Influenza H3 é a principal causadora de gripes no Paraná; uma pessoa morreu

Da AEN-PR
A Secretaria Estadual da Saúde monitora, desde 2011, as doenças respiratórias identificadas no Estado. O objetivo é saber quais são os vírus circulantes na região e detectar possíveis surtos. Até sexta-feira (28), foram confirmados 38 casos de Influenza no Paraná. A maior parte é causada pelo vírus de Influenza A (H3) sazonal. Até o momento, uma pessoa, moradora em Maringá, morreu em decorrência da doença.

(Foto: EBC)

“Fazemos a vigilância sistemática da gripe Com essas informações temos um diagnóstico da situação da gripe no Paraná e podemos planejar ações cada vez mais efetivas para o controle e tratamento da doença”, ressalta o secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto.

A vigilância da gripe no Paraná é composta pela vigilância sentinela de Síndrome Gripal (SG), de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e pela vigilância universal de SRAG.

A vigilância sentinela conta com uma rede de 49 unidades distribuídas em 15 regionais de saúde, em 18 municípios: Curitiba, Castro, Ponta Grossa, Guarapuava, União da Vitória, Pato Branco, Francisco Beltrão, Foz do Iguaçu, Cascavel, Campo Mourão, Paranavaí, Maringá, Sarandi, Cambé, Londrina, Cornélio Procópio, Jacarezinho e Ivaiporã.

“As amostras coletadas de secreções de nariz e garganta são encaminhadas para análise no Laboratório Central do Estado do Paraná (Lacen/PR). O objetivo principal é identificar os vírus respiratórios circulantes, além de permitir o monitoramento da demanda de atendimento por essa doença”, explica a chefe do Centro Estadual de Epidemiologia, Júlia Cordellini.

A vigilância universal de SRAG monitora os casos hospitalizados e óbitos com o objetivo de identificar o comportamento da gripe para orientar novas ações. Os dados são coletados por meio de formulários padronizados e inseridos nos sistemas de informação online SIVEP-Gripe e SINAN Influenza Web.

SENTINELA – A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Jardim Veneza, em Cascavel, é uma das unidades sentinelas de SG do Estado. “Somos a maior UPA de um município com mais de 300 mil habitantes. Realizar esse monitoramento aqui é muito relevante para contribuir com a avaliação da situação da gripe em nossa região”, comenta a enfermeira Lara Adriane Garcia da Silva.

Conforme normas estabelecidas pelo Ministério da Saúde, a UPA faz a coleta amostral de cinco pacientes por semana que apresentam febre, acompanhada de tosse ou dor de garganta e início dos sintomas nos últimos sete dias. “No último mês, com a queda nas temperaturas, percebemos um aumento de pacientes com esses sintomas que buscam nossa unidade”, complementa Lara. Até o último boletim, Cascavel teve a confirmação de dois casos da doença.

BOLETIM – O Informe Epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (3) confirma 38 casos de SRAG no Estado desde o início do ano. São 30 casos de influenza A (H3) sazonal, sete de Influenza B e um de influenza A (H1N1). No mesmo período, foi confirmado um óbito no município de Maringá. O boletim é divulgado periodicamente no site da Secretaria Estadual da Saúde.

VACINAÇÃO – Algumas pessoas, como idosos, crianças menores de 5 anos, gestantes e pessoas com algumas doenças crônicas possuem um risco maior de desenvolver complicações devido à gripe. “A vacinação é a intervenção mais importante na redução do impacto da influenza”, afirma o coordenador estadual de Imunização, João Luís Crivellaro.

Na terceira semana de campanha, a vacinação contra a gripe no Estado já atingiu 1,2 milhão de paranaenses. Isso representa 45% da população que pode tomar a vacina até 26 de maio. A meta é chegar a, pelo menos, 90% do público-alvo.

Pessoas com 60 anos ou mais, crianças de seis meses a quatro anos de idade, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), profissionais de saúde, indígenas, portadores de algumas doenças crônicas e professores das redes pública e privada em atividade têm direito à vacina.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.