Paraná

Homem que mantinha perfis falsos para conversar e mandar pornografia para crianças é preso

O Núcleo de Combate aos Cibercrimes (Nuciber) prendeu um homem, de 46 anos, suspeito de aliciar uma criança de 11 anos por meio de uma rede social da internet. A prisão aconteceu em decorrência de um mandado de prisão preventiva, cumprido na tarde de quinta-feira (3), no município de Campo Largo – em uma gráfica, onde o suspeito trabalhava.

As investigações tiveram início assim que a mãe da vítima registrou um Boletim de Ocorrência (B.O) no Nuciber, relatando a situação. Conforme o relato, o homem estava em contato com a garota há 15 dias e enviava fotos íntimas de si mesmo, entre outras imagens e vídeos de teor pornográfico envolvendo crianças e adolescentes – com o intuito de induzir que a menina também lhe enviasse fotos.

Segundo informações policiais, o suspeito mantinha diversos perfis falsos na internet, os quais passava-se por crianças para conversar com meninas, geralmente menores de 11 anos. Durante essas conversas ele enviava diversas imagens e mensagens de cunho sexual.

No decorrer das investigações, a equipe constatou que já havia um B.O contra o homem, registrado no ano de 2017, em Campo Largo, pelo crime de estupro de vulnerável que havia vitimado duas meninas.

As diligências irão prosseguir, pois há suspeitas de que o homem esteja envolvido em diversos outros crimes envolvendo crianças e adolescentes.

O suspeito foi indiciado pro aliciar, assediar, instigar ou constranger crianças, por qualquer meio de comunicação, a fim de praticar atos libidinosos – crime previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente. No momento encontra-se detido à disposição da Justiça.

 

BANDAB

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.