Brasil

Homem mata a própria mulher durante visita íntima em presídio de SP

Um detento do Centro de Detenção Provisória (CDP), de Jundiaí (interior de São Paulo) matou a mulher durante uma visita íntima, na noite deste domingo (27). Ela foi derrubada da cama em que ambos estavam e agredida com vários chutes no rosto.

A vítima foi identificada como Nicolly Guimarães Sapucci, 22 anos. Conforme a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), o autor do feminicídio é Michael Denis Freitas, de 25 anos. Ele autuado em flagrante e continuará preso – estava cumprindo pena por um roubo executado no ano passado.

Segundo a polícia, o agressor assumiu o crime e disse ter sido motivado por ciúmes. No dia do crime, os dois estavam na cela reservada para visitas íntimas, quando teriam começado a discutir. O acusado teria empurrado a mulher para fora do beliche e, já no chão, desferido chutes em seu rosto. Ela chegou a ser socorrida e levada ao Hospital São Vicente, mas não se recuperou e acabou morrendo por volta das 20h40 de domingo. Os médicos constataram que ela sofreu traumatismo craniano

De acordo com boletim registrado na Polícia Civil, a jovem morava em Bragança Paulista e vivia com Freitas desde agosto de 2017.

Em seu perfil nas redes sociais, a jovem declarou seu amor ao parceiro e disse que ficaria com ele até o fim. “Troquei as maquiagens pelas lágrimas, o salto pelo chinelo, a balada pelo trabalho, as viagens pela visita. Troquei minha vida pela sua. To (sic) com você até o fim.”

 

Bem Paraná-29/01/2019

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.