AraucáriaPolícia

Homem é condenado a 12 anos de prisão por matar adolescente ‘por engano’ em Araucária

O homem acusado de matar o adolescente Lucas Eduardo Gonçalves de Lima foi condenado, nesta quarta-feira (8), a 12 anos de prisão durante julgamento que durou quase 14 horas. A vítima, que tinha apenas 15 anos, foi assassinada a tiros em Araucária, na região metropolitana de Curitiba, no dia 26 de outubro de 2013.

Na ocasião, Silvio José Barbosa confessou o crime em depoimento à polícia. Segundo as investigações, Lucas não era o verdadeiro alvo do assassino, mas sim um amigo dele, que namorava a filha do acusado – relacionamento não aceito por Barbosa.

Mesmo após a condenação, a madrasta de Lucas, Sirlene Fioratti não ficou satisfeita com o resultado do julgamento. “Dava para ver pela cara dele que ele entrou sabendo que ia sair de lá livre, que foi exatamente o que aconteceu. Ele foi condenado, mas deixou o local em liberdade”, comentou ela em entrevista.

O mesmo sentimento é compartilhado pelo pai da vítima, Robson Gonçalves de Lima, que também acompanhou todo o processo. “Ele teria que pegar a pena máxima, isso sim. Foram estipulados 12 anos, mas, na realidade, ele vai ficar dois anos, talvez um pouco mais e sair em regime semiaberto. É uma sensação de impunidade. Enquanto isso, a gente fica apenas com a lembrança do Lucas, era um menino muito extrovertido e brincalhão, que vivia intensamente. Até parecia que ele sabia que permaneceria pouco tempo conosco”, completou o pai, emocionado.

No Facebook, a mãe do menino criou uma página para homenageá-lo, o “Justiça Já Lucas Eduardo”, que tem mais de 1,8 mil seguidores.

 

BandaB

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.