Araucária

HMA terá Posto de Coleta de Leite Humano para os bebês prematuros da UTI Neonatal

O Hospital Municipal de Araucária (HMA) contará, muito em breve, com um Posto de Coleta de Leite Humano (PCLH). O objetivo é garantir a sobrevivência de bebês prematuros ou de baixo peso, que não podem ser amamentados diretamente nas suas mães ou em virtude de elas não produzirem leite para alimentá-los.

De acordo com a enfermeira Ana Lúcia dos Anjos Lima da Silva – gerente de Enfermagem do HMA, idealizadora do projeto e responsável pelo PCLH, para que possa ser fornecido leite humano aos bebês será preciso contar com o apoio de mulheres que estejam amamentando. Elas precisam ser saudáveis e querer doar o leite que está sobrando. Para isto, basta agendar um horário por telefone para realização de cadastro no PCLH.

É importante que as mulheres saibam que não precisam se preocupar em faltar leite para o seu bebê, pois, quanto mais a mama é estimulada, mais leite ela é capaz de produzir. O leite materno é tudo o que um recém-nascido precisa para garantir um crescimento e desenvolvimento saudável.

Para garantir leite de qualidade sem riscos à saúde dos bebês, o PCLH, está vinculado ao Banco de Leite Humano (BLH) do Hospital Evangélico de Curitiba, onde o leite materno doado será pasteurizado, submetido a controle de qualidade antes de ser distribuídos aos bebês internados. É importante lembrar que 1 litro de leite materno pode alimentar até 10 recém-nascidos.

Atualmente, por não dispor de PCLH, quando as mães não produzem leite, os bebês são alimentados com fórmulas infantis especialmente produzidas com calorias e nutrientes que atendem às exigências nutricionais no período de crescimento rápido dos prematuros, através de avaliação e prescrição médica. Mais informações sobre o Posto de Coleta de Leite Humano do HMA: (41) 3614-8000.

AMIGO DA CRIANÇA – Com diversas ações de promoção, incentivo e apoio à amamentação, o HMA está buscando a certificação “Hospital Amigo da Criança”. Além da implantação do PCLH, também foi criada no HMA a Sala de Apoio a Mulher Trabalhadora que Amamenta, que tem o objetivo de acolher todas as colaboradoras do hospital após a licença maternidade e que desejam continuar a amamentar. A enfermeira Ana Lúcia, também responsável por este espaço, explica que a colaboradora contará com um ambiente acolhedor para que possa esgotar seu leite durante a jornada de trabalho para ofertá-lo ao bebê quando chegar em casa. Será possível, inclusive, utilizar esse espaço para amamentar o bebê caso alguém leve a criança em algum momento da jornada de trabalho. Desta maneira, garante-se o que preconiza o Ministério da Saúde que é amamentar a criança exclusivamente com leite materno até seis meses de vida.

Prefeitura de Araucária-28/12/2018

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.