Paraná

Greve nas autoescolas começa nesta sexta; protestos devem acontecer em todo o estado

Começa nesta sexta-feira (30) a greve dos trabalhadores em autoescolas do Paraná. A principal reivindicação da categoria é por aumento real e reajuste do vale refeição. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Auto Escolas e dos Trabalhadores em Despachantes de Veículos do Estado do Paraná (Sintradesp), oito mil funcionários de Centros de Formação de Condutores (CFCs) devem aderir à paralisação.

Em entrevista ao radialista Geovane Barreiro, a presidente do Sintradesp, Arminda Moia Martins, disse que a categoria não pode aceitar a proposta patronal, uma vez que cobre apenas a recomposição. “O nosso pedido é 13%, mas já temos uma audiência marcada no Ministério Público do Trabalho (MPT) para tentar chegar a um acordo. E quando o acordo não chega, esperamos o dissídio coletivo”, disse.

O Sindicato dos Proprietários dos Centros Formadores do Paraná ofereceu aos trabalhadores reajuste de 8,76%, além de reajuste de R$14,45 para R$16 no vale-alimentação.

A categoria pede ainda o fim do desconto por biometria perdida e outros pagamentos relacionados as categorias A, C, D e E. Os protestos estão marcados para acontecer nas sedes do Detran e Ciretrans de todo o estado.

Ao que interfere os alunos, o sindicato afirma que todas as aulas serão repostas. Como na última greve, o Detran deve prorrogar o prazo daqueles que já estão com o processo no fim.

BandaB

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.