Paraná

Greve de professores do Paraná completa um mês hoje

noticia_958046_img1_5f1interA greve dos professores da rede estadual de ensino entra hoje no seu 29º dia, e amanhã completa um mês corrido. Deflagrada no dia 27 de abril, ainda há impasse sobre o seu fim — que vem sendo negociado entre Sindicato dos Trabalhadores ne Educação Pública do Estado (APP-Sindicato) e deputados estaduais. Enquanto isso, seguem as divergências.

Ontem, a Secretaria de Estado da Educação divulgou que 80% das 2,1 mil escolas estaduais do Paraná ficaram abertas e tiveram atividades totais ou parciais. Já a APP, mais cedo, informava que 85% das escolas no Estado permaneciam sem aulas.
Segundo a Secretaria de Educação, estavam fechadas ontem penas 352 escolas. Além das escolas que funcionam com aulas normalmente ou em parte, com alguns professores trabalhando e outros não, há casos de escolas que estão abertas, mas não há aula porque os alunos não vão ao colégio, devido à greve.
Em vista desse cenário, a secretária estadual da Educação, professora Ana Seres, orienta os pais de estudantes de todo o Estado a procurarem as escolas e colégios onde seus filhos estudam para se informar da real situação e conversar sobre a volta às aulas.
Núcleos regionais — Ontem, a APP concentrou as ações nos Núcleos Regionais de Educação do Estado, na Capital e no interior. Os professores em greve fizeram bloqueios na frente dos núcleos. No Núcleo de Curitiba, a manifestação não barrou os funcionários, mas mesmo assim o atendimento ao público ficou suspenso.

Bem Paraná

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.