Araucária

Governo afirma que não renovará contrato de concessão das rodovias no Paraná

Os contratos entre governo e concessionárias de pedágio que operam no Paraná não serão renovados. A informação é do Ministério dos Transportes. Com essa determinação, as seis empresas que operam no estado desde 1997 devem devolver o controle das rodovias federais ao governo em 2021, que é quando vencem os contratos firmados no governo Jaime Lerner.

Com isso, as concessionárias têm mais três anos para administrar as estradas federais que compõem o chamado “Anel de Integração” e, até lá podem cobrar pedágio.

Em nota, o Ministério dos Transportes informou que já estuda a possibilidade de criar um novo programa de concessões, contratado e administrado pela União. Com o fim do contrato, as rodovias voltam para as mãos do governo federal.

Hoje, o estado tem uma das tarifas de pedágio mais caras do país. A decisão foi anunciada poucos dias depois dos contratos de concessão entrarem na mira da Operação Lava Jato.

 

 

Bem Paraná

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.