Araucária

Garoto Cidadão apresenta peça teatral sobre preconceito

O Garoto Cidadão de Araucária, projeto que visa desenvolver habilidades, competências e práticas reflexivas de diversas vertentes que contribuam para o universo dos participantes, aproveitou mais uma oportunidade para trabalhar a temática do combate ao preconceito. Desta vez a discussão foi levantada por meio da peça teatral “Randa – Em busca da semente”, apresentada no Teatro da Praça, nesta segunda-feira (09). Assistiram o espetáculo, alunos das escolas Werka, Rosa Picheth, Rui Barbosa e da Casa de Acolhimento.

O texto foi inspirado em uma obra da autora curitibana Lucilene Soares e conta a história de uma menina que entra em conflito com seu cabelo após passar por uma situação preconceituosa na escola. Ao adormecer ela tem um sonho e encontra várias crianças e um baobá. Todos brincam e dançam e no cenário figuram elementos da cultura africana, como o jogo mancala e cantigas de roda. A trilha sonora apresentada pelos educandos e pela professora do projeto é composta por pau de chuva, caxixi, bangô, surdo e teclado, além de contar com apoio do coral.

Há 9 anos em funcionamento em Araucária, o Garoto Cidadão atua em uma parceria firmada entre a Prefeitura e a Fundação CSN. O projeto atende crianças e adolescente em situação de vulnerabilidade social, com idade entre 8 a 17 anos, proporcionando atividades socioculturais no contraturno escolar. Durante o tempo de permanência no projeto, os educandos têm aulas de música, teatro, dança, artes visuais e inclusão digital.

 

smcs

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.