ParanáPolícia

Gaeco prende quatro policiais militares por cobrarem R$ 16 mil de suspeito

Quatro policiais militares foram presos em flagrante na noite desta quarta-feira, 6, em São José dos Pinhais, município da Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Segundo as informações de Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), os policias presos pertencem ao 17º Batalhão da PM de São José dos Pinhais.

A prisão teria sido em decorrência de uma denúncia de um suspeito. Depois de revistarem o carro da vítima, sem encontrarem nada de irregular, os policiais exigiram dela dinheiro, ameaçando “plantar” drogas e munições em sua casa se não fossem atendidos. Foi acertada a entrega do dinheiro para horas depois. Ainda de acordo com a denúncia, esse suspeito chegou a negociar um valor e teria combinado de fazer a entrega de R$ 16 mil aos policiais na noite desta quarta-feira,6.

Esse suspeito teria então procurado o Gaeco e ofereceu a denúncia. A fim de facilitar a identificação, o suspeito marcou as cédulas de dinheiro que seriam usadas para fazer o pagamento e no horário combinado, foi entregue aos policiais. Após a entrega, eles foram seguidos e abordados pelo Gaeco.

Quatro policiais militares foram presos em flagrante por agentes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) na noite desta quarta-feira, 6 de fevereiro, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. A prisão foi realizada após os policiais extorquirem uma pessoa que havia sido abordada por eles na tarde do mesmo dia.

Equipes do grupo foram ao local combinado para a entrega do dinheiro e, efetivamente, os quatro PMs chegaram, em uma viatura, para receber o valor. Após pegarem o dinheiro, quando já se afastavam, foram abordados pelos agentes do Gaeco, mas tentaram fugir, o que resultou numa perseguição de mais de três quilômetros, até que os policiais foram alcançados.

Foram encontrados com três dos PMs três revólveres 38 com as numerações raspadas e munições variadas (inclusive estrangeiras). No console da viatura, havia uma caixa de fósforos com pequena quantidade de substância semelhante a crack. Entre os pertences de um dos soldados foi encontrada também uma “mixa” (instrumento para abrir fechaduras).

O auto de prisão em flagrante foi lavrado na presença de oficial do 17º Batalhão da Polícia Militar, onde são lotados os quatro policiais.

 

 

Bem Paraná- 07/02/2019

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.