Curitiba

Fundação Araucária cria programa para preservação documental de pesquisas

A Fundação Araucária criou um Programa de Preservação Documental da Memória e do Fomento à Pesquisa, com o objetivo de implantar um conjunto de ações voltadas à higienização, catalogação e digitalização do acervo dos arquivos da instituição produzidos entre os anos de 2000 a 2020.

“O programa, para além da ação de modernização, que consiste na digitalização documental, tem seu mérito por preservar a memória da pesquisa que foi apoiada pela Fundação Araucária”, disse o gerente do Setor de Projetos da instituição, Nilceu Jacob Deitos.

Executado pelo Núcleo de Pesquisa e Documentação sobre o Oeste do Paraná (Cepedal), no campus da Unioeste em Marechal Cândido Rondon, o programa conta com a expertise de professores e pesquisadores no tratamento dos documentos e possibilitará o acesso à produção científica, tecnológica e inovacional feita pela comunidade acadêmica e apoiada pela Fundação Araucária nos 20 anos de sua existência.

“Preservar a memória da ciência é um dos legados desta iniciativa”, destacou o gerente.

O Cepedal é um órgão suplementar, vinculado cientificamente ao Centro de Ciências Humanas, Educação e Letras – CCHEL. Tem como objetivo pesquisar e preservar acervos documentais sobre a região Oeste do Paraná e as populações de fronteira a ela vinculadas.

“A Unioeste campus Marechal Cândido Rondon sente-se muito honrada em poder disponibilizar o laboratório de microfilmagem e digitalização de documentos para que, por meio do trabalho de docentes  e alunos, possamos promover a preservação documental e da memória e, com isso fomentar a  pesquisa, quer seja na graduação ou na pós-graduação nos cursos em História”, disse o diretor-geral do Campus de Marechal Cândido Rondon, Davi Schreiner.

Ele acrescenta que essa preservação é imprescindível sob o ponto de vista de que possibilita, além das pesquisas, uma preservação da memória à atual e futuras gerações.

“Estamos tratando aqui de uma contribuição tanto para a formação de novos profissionais e de profissionais de excelência e, também, de um serviço para toda a população, pois não se constrói cidadania sem preservar a memória”, reforçou Schreiner.

Serão destinados R$ 150 mil à Unioeste, repassados em 24 meses. Os itens financiáveis deste projeto são materiais permanentes e equipamentos, material de consumo, bolsa de iniciação científica e bolsa técnica.

“O trabalho de realizar a preservação documental de uma instituição como a Fundação Araucária é de suma importância no sentido de se constituir um legado, um registro, um histórico de participação efetiva de uma instituição que contribui há mais de duas décadas no fomento e no desenvolvimento de pesquisas científicas”, destacou o coordenador do projeto, professor Rodrigo Ribeiro Paziani. “É uma forma de publicizar e reconhecer o trabalho estratégico e fundamental da Fundação Araucária para o Paraná e Brasil”.

O programa é fruto de convênio firmado entre a Fundação Araucária e a Fundação Universitária do Campus de Marechal Cândido Rondon (Fundecamp).

“Priorizamos em nossa gestão os ativos e recursos humanos que o Paraná possui, e é também por meio da preservação da memória da Araucária que podemos enaltecer ainda mais esses profissionais e pesquisas que fizeram e fazem parte da história da nossa instituição, auxiliando ainda mais no desenvolvimento da ciência, tecnologia e inovação do Estado”, ressaltou o presidente da Fundação Araucária, Ramiro Wahrhaftig.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.