Polícia

Fugitivos de Piraquara começam a ‘surgir do mato’ e quatro são recapturados

Quatro fugitivos da Penitenciária Estadual de Piraquara (PEP) foram recapturados nas últimas horas em Quatro Barras, região metropolitana de Curitiba. A Guarda Municipal da cidade está em alerta e intensifica o patrulhamento na região, que é um dos pontos de fuga dos 29 presos que conseguiram escapar durante o arrebatamento na madrugada desta terça-feira (11).

Os dois primeiros presos, Sidimar Francisco Motta e Carlos de Jesus Juscow, foram recapturados durante a noite desta terça, depois de mais de 100 ligações de moradores assustados com uma movimentação de pessoas estranhas na região da Granja das Acácias. “Chegou uma denúncia via 153 e os dois rapazes estavam em tentando invadir uma residência e foi feito um patrulhamento, onde um deles acabou sendo recapturado. Depois de meia hora, houve mais ligações e localizamos o outro fugitivo”, contou à Banda B o guarda municipal Baduíno, de Quatro Barras.

Já no início da manhã desta quarta-feira, outors dois fugitivos foram localizados na região central da cidade metropolitana. “Eles estão começando a surgir do mato, sujos de barro, o que levanta suspeita e faz a população entrar em contato conosco. Fomos chamados e capturamos mais dois agora pela manhã”, relatou o guarda.

Os foragidos capturados hoje foram identificados como Zaqueu Esquetini e Helden José Abrantes. A expectativa é que outros condenados sejam localizados na região nas próximas horas. Ainda restam 25 foragidos.

Fonte: Banda B – 12/09/2018

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.