Araucária

Fim da integração em Araucária: como fica a passagem?

07_nova_tarifa

A falta de entendimento entre Comec e Urbs sobre o custeio do sistema de integração na região metropolitana de Curitiba desestruturou a rede integrada de transporte a partir de 14 de fevereiro. Desde então, houve mudanças em algumas linhas da região metropolitana e no valor da passagem. Graças a isso, linhas municipais podem ter um valor e as que são da Urbs/Comec outro preço. O usuário de transporte coletivo da região metropolitana, que antes pagava apenas uma tarifa no percurso, agora poderá ter que pagar mais de uma passagem para chegar ao seu destino.

O usuário deve prestar atenção para as diferenças entre as linhas municipais e as linhas metropolitanas. As linhas do Transporte Integrado de Araucária (Triar), administradas pela CMTC, passarão a ter tarifa reduzida de R$3,15 (quando havia integração com a rede metropolitana) para R$ 2,50 (mediante cartão CMTC). A medida foi anunciada pela Prefeitura de Araucária para amenizar o impacto financeiro para os moradores e trabalhadores. A redução na tarifa interna de Araucária também beneficia os estudantes que pagam meia (agora será R$ 1,25) e quem paga vale transporte. O cartão CMTC pode ser obtido gratuitamente (1ª via) nos Terminais Central e Angélica. Aos domingos, a tarifa permanece a R$ 1,50.

Nas linhas administradas pela Comec, a Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba, a tarifa é de R$ 3,15 no cartão URBS ou R$ 3,30 no tíquete de papel e em dinheiro. O tíquete de papel pode ser adquirido na sala dos fiscais no Terminal Central.

Importante destacar que os municípios da região metropolitana não foram consultados sobre as medidas tomadas pela Urbs e Comec.

Linhas e alterações
No caso de Araucária, as alterações determinadas pela Comec resultaram na redução do número de linhas para Curitiba e no de pontos de embarque.

Linha Ligeirinho Curitiba-Araucária: Não vai mais ao Centro de Curitiba e não possui mais tubos. A linha funciona apenas nos Terminais Capão Raso, Angélica e Central de Araucária. A passagem custa R$ 3,15 no cartão URBS ou R$ 3,30 no tíquete de papel e em dinheiro.

Linhas Ligeirinho Angélica/CIC e Angélica/Capão Raso: As duas linhas foram extintas em 14 de fevereiro.

Linha Araucária-Curitiba (ônibus amarelo) e Araucária/Portão (ônibus laranja): Ambos podem ser pegos nos Terminais Central de Araucária e Angélica, além dos pontos que já existiam. Nas duas linhas já valem as novas tarifas da URBS: R$ 3,15 no cartão URBS ou R$ 3,30 no tíquete de papel e em dinheiro.

As linhas Contenda-Catanduvas, Tupi-Pinheirinho e Araucária-Pinheirinho não sofreram alterações.

SMCS – Foto Carlos Poly

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.