Araucária

Filho mata a mãe com requintes de crueldade em Araucária e depois tenta contra a própria vida

Um crime bárbaro chocou a cidade de Araucária, na manhã desta quinta-feira (10), no qual um homem de de 38 anos, torturou e matou a mãe durante a madrugada, e depois tentou tirar a própria vida. O caso aconteceu na rua Raimundo Suckow, no Jardim Iguaçu, dentro da casa da família.

Ana Maria Muniz, 60 anos, sofreu escalpelamento e teve os olhos retirados. Em cima do corpo, estava o gato de estimação da mulher, também morto. O filho, identificado como Lorenzo César Muniz, foi encontrado com os pulsos feridos. A mangueira do gás da cozinha estava cortada e houve vazamento de gás. A princípio, a suspeita é que Lorenzo matou a mãe e tentou suicídio, mas a Polícia Científica deve analisar o local. A família está em choque.

As primeiras informações são de que a filha e o neto da vítima fatal teriam encontrado os dois dentro da casa, por volta das 9h30, e acionado socorro e a polícia.

O socorrista Adão disse que o homem foi socorrido com ferimentos na mão, mas que passa bem. “Ele tem ferimentos na mão, no punho esquerdo, mas está bem, a princípio. Inconsciente devido à inalação do gás, ele cortou a mangueira do gás para inalar, mas foi para o hospital em um quadro estável”, disse.

Na sequência, ele descreveu o estado do corpo da mulher como chocante. “Soubemos que a mulher morta que estava na casa era a mãe dele. Pelo que observamos tinha requintes de crueldade, sim. Ele escalpelou a mãe, mexeu no rosto dela, tinha um animal em cima. Uma cena bastante chocante”, completou.

A suspeita é que o filho tenha matado a mãe. Ele foi socorrido por uma ambulância ao Hospital Nossa Senhora do Rocio, em Campo Largo, também região metropolitana de Curitiba.

Uma vizinha contou que ouviu gritos do homem na noite de ontem, por volta das 23 horas, mas que logo depois cessaram. Não há informações concretas sobre o horário que o crime aconteceu.

A família está em choque no local. O neto que encontrou a avó na companhia da mãe estava desolado no local e chorava bastante. Segundo informações apuradas pela reportagem, Lorenzo era usuário de drogas, estava há dias sem consumir cocaína e estava na abstinência.

O Instituto de Criminalística foi acionado para fazer os primeiros levantamentos periciais no local. O corpo da mulher foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML). O caso será de responsabilidade da Delegacia de Araucária.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.