Redação

Festival rock na Arena sacudiu Araucária nos dias 7 e 8 de dezembro

A  Praça São Vicente de Paulo foi palco para o “Festival Rock na Arena 3”. O evento que , acorreu durante os dias 7 e 8 de dezembro reuniu  14 bandas e artistas independentes para um show beneficente, ecológico e gratuito.

Ao chegar na praça me deparei com a “tal da Arena”.  O que vi foi uma festa organizada, com uma estrutura bem montada, toda decorada com tonéis e banners de divulgação do festival. Bem diferente do que se vê em
quase todos os festivais de rock independentes das outras regiões próximas à capital.

A praça  conta com um entorno bem bacana, repleto de sombra e árvores para sentar, na grama ou nos bancos,  conversar com os amigos e descansar depois de curtir algumas bandas no palco.

Uma coisa bem interessante que me chamou atenção, foi que o festival oferecia um copo ecológico e quem o adquirisse, recebia descontos em todo o cardápio de bebidas da festa, evitando assim, que o lixo se espalhasse pela
praça.

Além disso, o festival montou um lineup de respeito, repleto de nomes já consolidados da cena independente, como a banda de trashcore Surra, de Santos e Teco Martins (Vocalista da banda paulista Rancore), pratas da casa como Médicos de  Cuba e Cavalo Baio & os Pinho, e teve até uma atração internacional.

Para surpresa de todos, que acordaram no segundo dia de Festival devido á não possibilidade da banda Ultra Violent de Guarapuava se apresentar, a produção logo fez um convite de última hora para os rapazes da banda Italiana Wazei Hey Go, que estavam de passagem pela cidade em uma tour pelo Brasil, e acabaram integrando o lineup horas depois!

Bandas novas como os meninos da Hoovaranas, banda instrumental de Ponta Grossa, Corleone de Foz do Iguaçu, Mendigos do Sol da própria Araucária e Electric Mob, banda curitibana que tem como vocalista Renan Zonta (ex-participante do “The Voice Brasil”), fizeram shows memoráveis e cheio de energia, conseguindo um lugar ao sol (algumas literalmente) nesse festival, não sendo isso suficiente, o festival também nos brinda com a potência
de vozes femininas, como o da cantora curitibana Johaine que abriu o segundo dia de festival, também da de Giulia Rossi, que fez uma participação no show da Médicos de Cuba, estes últimos os principais responsáveis pela produção
não só do Rock na Arena mas também por boa parte da movimentação cultural da pequena, mas rica em cultura Araucária.

Além de ter proporcionado cultura e música boa gratuitamente para toda a população de Araucária, o festival ainda arrecadou mais de 50kg de alimentos para doação em parceria com a Fraternidade Oca, que ajuda comunidades locais.

Por: Helielton Souza

Edição: Ivone Souza

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Tags

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduanda pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.