Araucária

Famílias de Araucária participam de estudo genético sobre o Autismo

Onze famílias de Araucária participam de um estudo do Centro de Pesquisa sobre o Genoma Humano e Células-Tronco, da Universidade de São Paulo (USP), que visa, pela análise genética, descobrir possíveis causas para o Transtorno do Espectro Autista (TEA), distúrbio neuropsiquiátrico que acomete 1 em cada 45 crianças, segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC). A pesquisa conta com apoio da equipe do Centro de Reabilitação Infantil de Araucária (CRIA), vinculado à Secretaria Municipal de Saúde.

Recentemente, a doutoranda em Genética do Instituto de Biociências da USP Eduarda Morgana de Souza esteve em Araucária para dar continuidade à pesquisa denominada “Análise genômica e funcional dos Transtornos do Espectro Autista: Perspectivas de novas ferramentas de diagnóstico precoce”. As 11 famílias selecionadas são acompanhadas pelo CRIA preencheram os critérios para a inclusão no projeto de pesquisa e, após explicação sobre os objetivos, aceitaram participar.

Informações e coletas – A pesquisa iniciou com o levantamento do histórico pessoal, clínico e familiar de cada criança; o levantamento de exames laboratoriais e de imagem (Cariótipo, Erros Inatos do Metabolismo, Tomografia de Crânio e Ressonância Magnética Cerebral); a construção do heredograma (semelhante a uma árvore genealógica) familiar com as ramificações das famílias materna e paterna com informações resumidas dos seus integrantes.

O último procedimento foi a coleta de sangue das crianças com TEA, seus pais e avós maternos e paternos. Alguns avós, não residentes no município receberam kits para coleta de material genético em seus domicílios a fim de possibilitar a coleta dos dados genéticos de toda a família. Por meio da coleta, os técnicos procuram alterações específicas no material genético. O tipo de teste pode variar de acordo com cada caso, mas há possibilidade de realizar análise de todo o conjunto do material genético.

A equipe do CRIA que acompanha a pesquisa é formada pela fonoaudióloga Silvia Dias Caldas, a auxiliar de enfermagem Carla Weiss, o pediatra Eduardo Born e a psicóloga Maria Eliza Kaahara. A pesquisa em Araucária surgiu a partir de um contato do neuropediatra Luiz Celso do Amaral e contou também com a colaboração da fisioterapeuta Lilian Faccio que auxiliou nos levantamentos e na construção de todos os heredogramas.

CRIA – O Centro de Reabilitação Infantil de Araucária foi criado por iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde de Araucária em 2012 e cumpre a função de assegurar assistência qualificada a bebês de alto risco nascidos em Araucária ou em maternidades de referência, bem como a crianças com diagnósticos de alterações importantes de desenvolvimento neuropsicomotor.

Serviço modelo para outros municípios, o CRIA atingiu ao final de 2017 a marca de 1.040 bebês atendidos, os quais tiveram a oportunidade de receber precocemente a estimulação adequada ao seu desenvolvimento integral. São acompanhados bebês desde os primeiros dias de vida até os quatro anos de idade encaminhados pelas unidades básicas.

O Centro funciona junto à Clínica da Mulher e do Idoso e conta com auxiliar de enfermagem, pediatra, neuropediatra, fonoaudiólogo, fisioterapeuta, psicólogo e um coordenador. Esta equipe é referência no município para avaliação diagnóstica precoce do Transtorno do Espectro Autista para crianças menores de quatro anos.

Foto: divulgação CRIA/SMSA

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.