Brasil

Especialista dá 7 dicas para dormir melhor

Da assessoria

 

Com o estresse e a correria do dia a dia está cada vez mais difícil relaxar e ter uma boa noite de sono. A especialista em sono Ester London, chefe do serviço de neurologia do VITA Batel e responsável pelo Laboratório do Sono do hospital, dá sete dicas para dormir melhor.

-Procure deitar e levantar no mesmo horário todos os dias;-

-Tenha um ambiente adequado, confortável, sem barulho e escuro para se deitar;

-Não tome muitas bebidas cafeinadas durante o dia e, principalmente, após as 17h;

-Evite ingerir álcool à noite, pois acaba fragmentando o sono;

-Pratique atividade física diariamente – Exercício aeróbico, por no mínimo 40 minutos de três a quatro vezes por semana ajuda na qualidade do sono. As atividades devem ser realizadas até às 18h;

-À noite, prefira refeições leves, a base de proteínas;

-Evite assistir TV no quarto e usar smartphone, tablet e computador nos minutos que antecedem a hora de dormir: Pessoas que utilizam os aparelhos quando vão deitar, estão mais propensas a ter insônia, dormir mal, dormir poucas horas e consequentemente, sentir mais cansaço ao longo do dia seguinte.

Segundo a médica, uma noite mal dormida acaba atrapalhando o dia a dia, causando dificuldade de concentração, alteração da memória, distúrbios do humor, sonolência excessiva durante o dia (SED), fadiga crônica, indisposição e problemas cognitivos que prejudicam o desempenho no dia a dia, nos estudos e aumenta os riscos de acidentes de trânsito e de trabalho. De acordo com Ester, atualmente, as pessoas dormem cada vez mais tarde e acordam cada vez mais cedo, gerando um acúmulo de cansaço. Cerca de 30% dos adultos roncam – o que não significa um problema grave – mas, por outro lado, estima-se que, em 5% dos casos, o ronco está associado à apneia do sono. Neste distúrbio, o individuo para de respirar por alguns segundos diversas vezes por hora, fazendo com que acorde várias vezes ao longo da noite.

Ter qualidade de sono é extremamente importante, o sono tem uma série de funções, serve para restaurar tudo que foi perdido durante o dia. Os hormônios – do crescimento, insulina, produção de corticoides – importantes para as funções vitais são produzidos à noite. “Durante o sono, a pressão arterial diminui, o batimento cardíaco relaxa e isso é essencial para a saúde. Independe da idade – crianças, adolescentes, adultos e idosos”, explica. Além disso, tudo o que aprendemos durante o dia será fixado no período da noite, durante o sono.

Distúrbios do sono – Estão classificados em oito categorias, dentre as quais as principais são: insônias, distúrbios respiratórios relacionados ao sono (apneia do sono), hipersonias e distúrbios do ritmo.

Polissonografia – Além de ser indicado para diagnosticar apneia, o exame também serve para estudar outros distúrbios do sono, como roncos, insônia, sonambulismo, terror noturno, ranger de dentes (bruxismo), fibromialgia e outros.

O exame é realizado no Laboratório do Sono, no qual é reproduzido o ambiente de um quarto, onde o paciente passa a noite e tem o sono monitorado por um técnico e por câmeras e eletrodos que registram a respiração, movimento abdominal, movimentação de pernas, oxigenação sanguínea, atividade cerebral, ronco, monitorização cardíaca. Com o exame é feito um estudo complexo que investiga as causas das noites mal dormidas. A partir dos resultados, o médico tem as informações necessárias para tratar o problema do paciente.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.