Araucária

Empresas de fertilizantes de Araucária são alvos de investigação

Redação com Assessoria

Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Paraná e Delegacia de Polícia Civil de Paranaguá fazem grande operação em Araucária contra organização criminosa especializada em desviar e adulterar fertilizantes.

Após 6 meses de investigação, a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Paraná em conjunto com a Delegacia de Polícia Civil de Paranaguá

desencadearam na data de hoje uma grande operação para apreender fertilizantes desviados e adulterados em duas empresas localizadas na cidade de Araucária, no estado do Paraná. Como resultado, foram apreendidas mais de 100 toneladas de produtos. Os responsáveis foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Araucária, local em que foi lavrado o auto de prisão em flagrante dos envolvidos. O fertilizante desviado era misturado com areia e cascalho, aumentando o seu volume original e reduzindo a sua qualidade. O material adulterado era colocado em sacos com marcas de empresas líderes no mercado de fertilizantes, e colocados à venda de forma ilícita. Em consequência os produtores rurais acabavam sendo enganados ao comprar um produto adulterado, mas com aparência de boa qualidade. Os sacos com fertilizantes adulterados seriam distribuídos em vários estados brasileiros, dentre eles Goiás e Mato Grosso. A empresa Yara Brasil é uma das mais afetadas pelos furtos e roubos de cargas e adulteração de fertilizantes.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.