Redação

Em novo protesto, músicos dizem que estão desamparados e pedem auxílio financeiro

Dezenas de músicos e profissionais de eventos, que tiveram as atividades interrompidas por conta do novo coronavírus, realizaram um novo protesto, em forma de passeata, para reivindicar subsídios do governo. A manifestação pacífica, que visa receber a verba da Lei Aldir Blanc, teve início na manhã desta terça-feira (8) em frente à Praça 19 de Dezembro, no Centro de Curitiba, e seguiu para a prefeitura da capital.

Embora o último protesto realizado por músicos de Curitiba no 1º dia de setembro, também em frente à prefeitura, tivesse como pauta principal o retorno às atividades, este demanda de uma resposta acerca de recursos ao setor cultural que, segundo a cantora e organizadora da manifestação, Michelle Reich, está há quase 200 dias sem trabalhar.

“Estamos reivindicando o subsídio da Lei Aldir Blanc para o pessoal dos eventos. Não estamos pleiteando o retorno às atividades, pois sabemos da situação da pandemia e não cabe à nós requerer isso”, alegou Reich.

De acordo com a cantora, muitos profissionais não conseguiram o auxílio emergencial de R$ 600 pois não se encaixavam nos requisitos e agora estão completamente desemparados.

Protesto

A passeata utilizou cases em meio às ruas, ou seja, caixas que servem como espécie de maletas que guardam instrumentos de vários formatos e tamanhos simbolizando a inatividade dos equipamentos. “Com os cases mantemos o distanciamentos social. É uma passeata muito organizada. Fizemos um pré-cadastramento de todos os participantes e aqui distribuímos camisetas, máscaras e faremos o percurso”, explicou Michelle.

A manifestação se encerra com a entrega do pleito à prefeitura da capital.

“Estamos sem previsão de retorno e a cada dia piora. Entramos, na segunda-feira (7) na bandeira laranja de novo e estamos sem luz no fim do túnel para o nosso setor”, concluiu Reich.

Bandeira Laranja

Com Curitiba retornando à bandeira laranja depois de ter um aumento expressivo no número de casos de contaminação e procura pelas unidades de saúde, diversas atividades voltaram a ser suspensas. Dentre elas, o entretenimento com ou sem música sentiram de imediato o impacto das restrições. Casas de show, festas, teatros, circos e atividades correlatas eventuais ou periódicas, foram proibidos de funcionar.

Lei Aldir Blanc

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sancionou em 29 de junho deste ano o projeto de lei que destina R$ 3 bilhões para o setor cultural, um dos setores mais afetados pela Covid-19. Esta determina o repasse da verba a estados e municípios e tem como destino micro e pequenas empresas, trabalhadores informais e organizações culturais.

Através da Lei Aldir Blanc, que recebe o nome do compositor e escritor morto, em maio, após ser infectado pelo novo coronavírus e ficar na UTI, os trabalhadores informais receberão três parcelas de R$ 600 e espaços artísticos e cooperativas culturais valores entre R$ 3 mil e R$ 10 mil. O projeto inclusive prevê que os espaços culturais terão de realizar atividades gratuitas para compensar os recursos recebidos. Contudo, os estados e municípios são quem decidem como será feita a distribuição.

No dia 19 de agosto, há exatos 20 dias, o Governo Federal divulgou que a o decreto foi regulamentado pelo presidente Jair Bolsonaro.

No Paraná, o cadastramento para receber o auxílio termina no dia 14 de setembro. Para ter acesso às regras e à inscrição clique aqui.

Prefeitura de Curitiba

Após a Banda B entrar em contato, por meio de uma nota a prefeitura alegou que tem cumprido medidas para diminuir o impacto causado ao setor pela Covid-19. Leia na íntegra:

“Para todos os atingidos no setor produtivo, incluindo o setor de eventos, a Prefeitura está concedendo postergação dos impostos (IPTU e ISS) até dezembro. E ainda, tem parceria com o Sebrae para linhas de crédito, nas quais a Prefeitura é avalista, através do Fundo de Aval.
Sobre qualquer outro encaminhamento relacionado a questões administrativas, só será possível avaliar e ter informações a partir de amanhã, quando a Prefeitura retornará às atividades”.

Vídeo

.

Banda B

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.