Paraná

Em assembleia, professores decidem pela suspensão da greve

20150309052753

Cerca de 7 mil professores estão reunidos, desde às 8h30, desta manhã de segunda-feira,9, definiram pelo fim da paralisação da greve, que  nesta segunda completou 29 dias, se concretizando a maiora da história. Apesar do fim da paralisação, os professores votaram pelo estado permanente de greve. A assembleia define ainda como será realizado o retorno às aulas. Após a assembleia, os professores devem seguir até a Praça Nossa Senhora de Salete, no Centro Cívico, onde os servidores estão acampados desde o dia 9 de fevereiro, quando começou a paralisação.

A assembleia foi convocada na sexta-feira passada, depois de uma reunião de representantes da categoria no Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), com o governo do Estado, mediada pelo desembargador Luiz Mateus de Lima. O governo do estado firmou uma carta-compromisso com 17 pontos, se comprometendo a não mexer na Paraná Previdência e nos direitos adquiridos dos servidores.

A greve foi deflagrada no dia 9 de fevereiro. Desde então, cerca de 950 mil estudantes da rede estadual, formada por 2.100 estabelecimentos, estão sem aula. A diretora do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Paraná (APP-Sindicato), Marlei Fernandes de Carvalho, explicou que, mesmo com uma possível aprovação pelo fim da greve, o retorno das aulas não será imediato. Ele explica que será necessário a organização de algumas coisas para que os alunos possam voltar para a sala de aula.

Antes da liminar determinando o início das aulas, uma outra decisão da Justiça já havia determinado as aulas para os estudantes do terceiro ano, que seriam prejudicados com o atraso do ano letivo, já que no fim do ano prestam o vestibular e o Enem.

Bem Paraná

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.