Araucária

Em Araucária tarifa de R$ 2,50 passa a valer a partir desta quinta (19)

onibus-347x249_cA prefeitura de Araucária anunciou na semana passada que reduziria o preço da passagem dentro do município para R$ 2,50. O novo valor passará a valer a partir desta quinta-feira, dia 19. É importante destacar que este preço é válido somente para as linhas do Triar (Transporte Integrado de Araucária) e para os portadores do cartão da CMTC (Companhia Municipal de Araucária).

O presidente da CMTC, Sandro Martins, destaca que os passageiros devem ir até um dos terminais da cidade, Central ou Angélica para solicitar a emissão deste cartão que é gratuito e fica pronto na hora. Caso o usuário não tenha o cartão, o valor da passagem será de R$ 3,30.

O prefeito, Olizandro Ferreira destaca que a redução de R$ 0,80 no valor da tarifa foi uma medida tomada pela administração municipal com o objetivo de amenizar o impacto financeiro causado pelo fim da integração com transporte coletivo determinado pela Urbs (Urbanização de Curitiba) e Comec (Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba) na última semana. “Já que a Urbs e a Comec decidiram que os passageiros devem pagar quatro passagens para ir para Curitiba, saindo de outras cidades da região, nós resolvemos diminuir o valor da tarifa aqui dentro da cidade. Neste primeiro momento foi o que estava a nosso alcance, já que a decisão pelo fim da integração ficou isolada entre a Urbs e a Comec e as prefeituras nada puderam fazer para evitar”, declarou Olizandro.

 

SMCS Foto Carlos Poly

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.