Paraná

Em 18 anos, Paraná terá mais idosos que crianças e adolescentes

Nesta quinta-feira (26) celebra-se o Dia dos Avós, uma data criada para homenagear e agradecer por toda a consideração e carinho que esses dão aos netos. E no Paraná, segundo informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os vovôs estão em alta, enquanto os netos estão ficando mais escassos. Prova disso é que daqui a 18 anos, em 2036, os mais velhos serão maioria em relação aos mais jovens no Paraná, algo que só deve acontecer em 2039 no Brasil.

De acordo com a Projeção da População (revisão 2018), estudo divulgado ontem pelo Instituto, o Paraná conta atualmente com 11,35 milhões de habitantes. Desses, 1,13 milhões são idosos (acima de 65 anos), o equivalente a 9,92% do total, enquanto o contigente de crianças e adolescentes (até 14 anos) somam 2,31 milhões de pessoas, respondendo por 20,34% do total da população.

Nos próximos 18 anos, contudo, a população acima dos 65 anos irá crescer, em média, 0,91% ao ano, enquanto a população de jovens tende a cair 0,06% anualmente. Com isso, teremos em 2036 uma inversão nas pontas da pirâmide etária do Paraná, com os idosos tornando-se maioria em relação aos mais jovens: serão 2,23 milhões de “vovôs” (17,9% do total da população) contra 2,16 milhões de jovens (17,4%).

Depois disso, enquando o contingente de idosos continuará crescendo 0,43% ao ano, em média, o de jovens seguirá em queda, numa taxa de 0,14% anual. Até 2060 (último ano com projeção), o Paraná já terá se consolidado como o quarto estado com maior percentual de idosos em relação à população total (hoje é o quinto), com 3,34 milhões de idosos (27,03% da população), atrás apenas de Bahia (27,3%), Minas Gerais (28,7%) e Rio Grande do Sul (29%).

O crescimento, ainda segundo o IBGE, será mais acelerado entre as mulheres. Atualmente existem 1,13 milhões de meninas com até 14 anos (19,49% do total de mulheres na população) e 625 mil mulheres com mais de 65 anos (10,8%) no estado. Em 2032, quando ocorrerá a inversão na pirâmide etária, serão 1,2 milhões de idosas (17,78% do total) e 1,1 milhão de jovens (17,44%).

Entre os homens, os idosos, que atualmente somam 501 mil pessoas (9%), só serão maioria em 2041, quando esse contingente populacional terá saltado para 1,08 milhão (17,62%). Nesse mesmo período, os “piazões” terão passado de 1,2 milhão (21,23% do total da população) para 1,06 milhão (17,28%).

Esperança de vida em alta e taxa de fecundidade em baixa
O envelhecimento da população paranaense pode ser explicado pelo crescimento da expectativa de vida da população. Atualmente, os paranaenses vivem, em média 77,66 anos, com a quarta maior expectativa entre as unidades da federação. Até 2060, o valor deve subir para 83,86 anos, na terceira colocação, atrás dos demais estados da região Sul. A média do Brasil é de 76,2 em 2018 e de 81 anos em 2060.

Já a taxa de fecundidade total para 2018 é de 1,80 filho por mulher no Paraná. Em 2060, o número médio de filhos por mulher deverá reduzir para 1,68. Já a idade média em que as mulheres têm filhos, atualmente em 27,47 anos, deverá chegar a 29,91 nos próximos 42 anos – a expectativa é que o Paraná se torne o estado em que as mulheres se tornam mães mais tarde em todo o país.

A população do Paraná…

– Crescerá até 2046, numa taxa de crescimento anual de 0,1%. Depois disso, irá cair progressivamente, reduzindo em 0,02% a cada ano
– No ápice, em 2046, teremos 12.599.318 habitantes. Já em 2060, o número terá caído para 12.342.362 pessoas
– Em 2060, o estado também será aquele em que as mulheres se tornam mães mais tarde em todo o país, dando à luz aos 29 anos
– Além de virarem mães mais tarde, as mulheres também terão menos filhos no futuro. Hoje, a taxa de fecundidade total é de 1,8 filho por mulher. Em 2060, será de 1,68
– A partir de 2054, um em cada quatro paranaenses serão idosos. Em 2060, 27,03% da população do estado terá acima de 65 anos
– A expectativa de vida também crescerá. Atualmente em 77,66 anos, deve chegar a 83,86 em 2060
– Mas as mulheres é que viverão mais. Hoje, a expectativa delas é de 81,11 e deve chegar a 87,04 anos. Entre os homens, está em 74,29 e deve alcançar 80,69 anos

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.