Brasil

Dólar dispara na abertura e bate novo recorde de alta

Crise política e risco de novo rebaixamento por agência de classificação de risco leva moeda a novo recorde de alta; moeda sobe pelo sexto dia consecutivo

O dólar comercial disparou nesta quinta-­feira, 24, e atingiu a nova marca histórica de R$ 4,22, um avanço de 2,06% ainda no início das negociações. A moeda abriu a sessão cotada a R$ 4,219 (alta de 2,03%). Na véspera, fechou cotada a R$ 4,135.

O dólar não para de bater recordes de alta desde a terça­feira, 22, quando ultrapassou a marca dos R$ 4, atingindo as maiores cotações
desde a criação do real, em 1994. Entretanto, a moeda já sobe pela sexta sessão consecutiva.

No radar dos investidores está a crise política no País, que impede o governo de realizar o ajuste fiscal, e temores de um novo
rebaixamento pela agência de classificação de risco Fitch, que se reuniu essa semana em Brasília com a equipe econômica para avaliar a
situação do País.
O nervosismo foi acentuado pela deterioração das projeções para a economia trazidas pelo Relatório Trimestral de Inflação (RTI) do Banco Central, que prevê queda de 2,7% para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2015.

Outra notícia ruim é a de que a taxa de desemprego em agosto subiu para 7,6% nas seis principais regiões metropolitanas do País , a maior desde setembro de 2009 segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.