Paraná

Desesperada, mãe pede ajuda para encontrar filha sumida há quinze dias: “Quero encontrá-la viva”

A vendedora Leoni Pereira de Souza, de 45 anos, não consegue dormir tranquilamente desde o último dia 15 de janeiro. Foi em uma terça-feira à tarde que ela conversou pela última vez com a filha Vanessa Regina de Quadros, de 23 anos, que sumiu após conversar com a mãe pelo celular de um amigo.

 Após se divorciar do marido, Vanessa morava sozinha na Vila Osternack, em Curitiba. Mãe de dois filhos, ela vivia de aluguel e buscava um emprego para pagar as contas. “Ela me ligou dizendo que estava indo atrás de trabalho no bairro Caximba. Sabemos que é um lugar perigoso, apesar de termos parentes vivendo lá”, conta a mãe da jovem.

O telefone usado por Vanessa era de um amigo, segundo a mãe. “Não sei se era namorado ou coisa parecida, mas depois disso não tivemos mais notícias”, afirmou. O boletim de ocorrência foi registrado no dia 17 de janeiro pela família, que também recorreu ao Instituto Médico Legal e até em delegacias, com o intuito de descobrir pistas sobre o desaparecimento. “Ela tem uma mancha na coxa. Fomos até o IML procurando achar respostas, mas não encontramos nada”, relatou a mãe.

Apesar de se passar quase 20 dias desde o sumiço de Vanessa, Leoni ainda tem esperanças de encontrá-la com vida. “Eu quero receber uma boa notícia, mas sei que isso pode não acontecer”, reflete. “O rapaz do celular não visualiza o Whatsapp desde o dia 21 de janeiro e não atende as nossas ligações”, disse. “Ela nunca fez isso antes. Estamos muito desesperados”.

 

Banda B- 04/02/2019

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.