Paraná

Concessionárias de pedágio no Paraná são notificadas por governo para iniciar processo de encerramento de contratos

As seis concessionárias de pedágio do Anel de Integração foram notificadas nesta segunda-feira, 11, para que iniciem os processos de finalização dos contratos que se encerram em 2021. A notificação foi feita pela governadora Cida Borghetti.
“O Paraná precisa avançar e, desde já, iniciar a elaboração de um novo modelo de concessão, que alie muito mais obras e a redução das tarifas em 50%, em média”, disse a governadora.
A iniciativa do Governo do Estado busca organizar o encerramento do complexo modelo de concessão iniciado em 1997 e, assim, assegurar a prestação de bons serviços aos usuários e à economia paranaense a partir de 2021. O Anel é formado por 2,5 mil quilômetros de rodovias, desses 1,8 mil quilômetros são federais delegadas ao Paraná e 70 quilômetros estaduais. Ao todo, há 27 praças de pedágio.
“Uma medida de gestão para garantir o encerramento correto dos contratos e o bom atendimento à população e à economia paranaense”, explica Cida Borghetti.
O documento enviado às empresas cita a necessidade de realizar a verificação, levantamentos e análises de dados e dos bens reversíveis (estadas, pontes, viadutos, edifícios e outras instalações).
Uma comissão liderada por técnicos da Secretaria da Infraestrutura e Logística (SEIL) e do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) com o apoio da Agência Reguladora do Paraná (Agepar) ficará encarregada dos trabalhos.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.