Brasil

Como fazer seu filho importar-se com os outros

bigstock-Two-Brothers-86027438-1180x472As dicas são do professor e psicólogo Rick Weissbourd, autor do livro The Parents We Mean to Be (Os Pais que Queremos Ser, em protuguês):

Palavras

Policie as próprias ações e palavras para não passar aos pequenos a ideia de que só se deve buscar a auto-satisfação. Há uma porção de frases usadas pelos pais no dia a dia que podem dar a entender, mesmo sem querer, que não é necessário se preocupar com os outros, como “isso não é problema meu”. Isso leva a criança ter uma visão equivocada sobre o que realmente é importante.

Exemplo

As crianças precisam de bons modelos para aprender valores morais e éticos. Um pai e uma mãe que mostram interesse pelo bem-estar de toda família, que tratam todos com respeito, mesmo na hora de repreender, e tentam agir sempre de forma virtuosa ensinam com o exemplo como se portar bem.

Ser gentil

Ser gentil não é uma mera etiqueta. Agir com gentileza é uma forma prática de deixar um pouco os interesses pessoais de lado para pensar em quem está perto de nós. Ensine seus filhos, por exemplo, a importância de ceder o lugar no ônibus a quem precisa, a sorrir e dizer bom dia às pessoas que encontra e a agradecer ao receber algo.

Ajudar

Gestos solidários devem ser valorizados. Uma forma simples de estimular gestos de ajuda é incentivar a criança a ensinar um colega com dificuldade em aprender a lição. Eles podem se acostumar também a levar as sacolas de compras, auxiliar nas tarefas domésticas, limpar o jardim, etc. Esses pequenos hábitos contribuem para o desenvolvimento de um caráter solidário.

Proteger

Ensine à criança que os seres mais frágeis e vulneráveis precisam de mais proteção e cuidado. Um irmão mais novo, uma criança recém-chegada na escola e que não conhece ninguém, uma vovó de idade avançada precisam ser vistos pelo pequeno como pessoas a serem protegidas, e não como motivo de chacota. O respeito às diferenças também entra aqui. Ensine à criança que as pessoas, por mais diferentes que sejam, precisam ser tratadas com o mesmo respeito.

Autocontrole

É natural que a criança apresente explosões de sentimentos destrutivos como raiva, inveja ou vergonha. Tente ensinar a ela a reconhecer esses sentimentos e como lidar com eles. Faça-a adotar algumas orientações práticas como respirar fundo e contar até 10 quando começar a senti-los. Isso vai ajudá-la a trabalhar as próprias emoções e lidar de forma mais madura com situações do dia a dia.

Converse

Uma forma de poder ensinar às crianças valores morais é apresentar aos pequenos dilemas éticos simples para que eles se posicionem e justifiquem suas respostas. A vivência das virtudes passa pela compreensão daquilo que defendem.

Empatia

Tente ajudar o pequeno a desenvolver a capacidade de empatia, ou seja, se colocar-se no lugar dos outros. Livros infantis, filmes e desenhos animados podem ser usados para isso. Tente fazer a criança se colocar no lugar do personagem para que ela possa entender melhor as ações dele.

Gazeta do Povo

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.