Paraná

Comec notifica empresa Metrocard por problemas causados a passageiros

Da AEN

 

A Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) notificou a Associação Metrocard para que, no prazo máximo de 48 horas, esclareça e tome as providências necessárias para soluções dos problemas ocorridos nesta quinta-feira (6), primeiro dia da implantação do Sistema de Bilhetagem Eletrônica. A Metrocard é a gerenciadora do novo sistema.

Os problemas no cadastramento e atendimento ao público causaram transtornos aos usuários do transporte público nos terminais de Campo Largo, Colombo, São José dos Pinhais e Araucária.

Em função disso, a Comec determinou também que a Associação Metrocard retome imediatamente a venda do vale-transporte de papel até a entrega dos novos cartões. Segundo a Metrocard, 95% dos usuários do sistema integrado metropolitano são funcionários que recebem vale-transporte das empresas. Houve uma demanda grande para confecção dos cartões metropolitanos e, até esta sexta-feira (7), 22.500 usuários se cadastraram para fazer o cartão metropolitano.

Atendimento

O novo sistema de bilhetagem eletrônica gerenciado pela Metrocard atende linhas de ônibus metropolitanas de Curitiba, que transportam diariamente 460 mil passageiros.

A bilhetagem trará mais transparência e segurança para o sistema. Com ela será possível controlar a frota, os horários, a velocidade, número de passageiros, número de isentos e pagamento às empresas.

Com a mudança, o passageiro metropolitano passará a pagar a tarifa do transporte coletivo em dinheiro ou com o cartão metropolitano criado para substituir o vale-transporte de papel.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.