Araucária

Comando dos Bombeiros de Araucária dá a versão sobre a demora no atendimento que vitimou uma menina de 11 anos

Franciso Beltr‹o, 24-09-2009 - Governador Roberto Requi‹o entregou trs caminh›es ABTR (auto-bomba-tanque-resgate), foto-, para o Corpo de Bombeiros de Francisco Beltr‹o, Dois Vizinhos e Palmas.- Foto: JosŽ Gomercindo / AENot’cias

O Corpo de Bombeiros (CB) de Araucária, na região metropolitana de Curitiba, declarou que o deslocamento até o incêndio no bairro Costeira levou 20 minutos. Eles rebateram as afirmações dos vizinhos de que o resgate teria demorado mais de uma hora para ser realizado.

A ocorrência aconteceu na manhã desta terça-feira (12) e resultou na morte de Regiane Cristina Batista, de apenas 11 anos. “Segundo os registros, a primeira ligação de socorro foi feita às 7h46 e os bombeiros chegaram no local às 8h06. Isso mostra que os 10 quilômetros foram percorridos em 20 minutos com algumas dificuldades por causa do trânsito e pelo caminhão ser um veículo extremamente pesado”, disse o capitão Daverson, comandante do subagrupamento de Araucária, à Banda B.

O caminhão utilizado para combater o incêndio é do posto do bairro Thomaz Coelho, o mais próximo do local da ocorrência que tem o veículo disponível. “Os automóveis são colocados de maneira estratégica, em áreas de maior risco, principalmente nos setores industriais. Infelizmente, ainda não há recursos para deixar um caminhão no bairro Costeira permanentemente”, completou o capitão.

Segundo o major Guedes, não houve falha no atendimento por parte dos bombeiros e a morte da menina foi uma fatalidade. “Todos nós ficamos tristes com o ocorrido. Fizemos tudo o que estava em nosso alcance, mas, infelizmente, não conseguimos salvá-la. Entendemos também que, em muitos casos que envolvem residências de madeira e alvenaria, em cinco ou dez minutos o espaço pode ser tomado totalmente pelas chamas”, explicou ele.

Regiane estava dormindo quando o fogo começou. De acordo com a família, a garota morava com os pais e um irmão e, por causa da greve nos professores estaduais, passava as manhãs em casa. “Há a necessidade de mais viaturas e efetivo nos corpos de bombeiros de todo o país. Nós sempre procuramos fazer o policiamento e colocar o máximo de recursos possíveis nas situações que atendemos”, concluiu Guedes.

BandaB

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Um Comentário

Os comentários não representam a opinião deste site; a responsabilidade é exclusiva de seus autores. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

  1. O problema é que a cidade está virada só em lombadas os veiculos de emergencia demoram para chegar nas ocorrencias um caminhao pesado e a cada 100mts tem lombadas mal vtr pega embalo ja tem que reduzir para passar ss lombadas

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.