Curitiba

Com Vale do Pinhão, Curitiba recupera o DNA inovador

Nos últimos quatro anos, o Vale do Pinhão está sendo responsável pela maior transformação de toda a história de Curitiba, com a capital se desenvolvendo economicamente e, ao mesmo tempo, aumentando a qualidade de vida dos habitantes ao gerar eficiência nas ações, programas e serviços urbanos. Prefeitura, startups, universidades, entidades de fomento econômico e empreendedores se uniram neste movimento do ecossistema de inovação da capital para juntos desenvolver soluções inovadoras em áreas como empreendedorismo, reurbanização, mobilidade urbana, saúde, educação e meio ambiente.

A Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação é o órgão ligado à Prefeitura responsável por promover as políticas de empreendedorismo e inovação no Vale do Pinhão, em parceria com instituições públicas e privadas.

Worktibas 

O primeiro coworking público do país está em Curitiba e foi inaugurado, em 2017, no Parque Barigui, em uma parceria da Agência Curitiba e Instituto Municipal de Administração Pública (Imap). Hoje, são três unidades, também no Cine Passeio e no bairro Boqueirão, por onde já passaram 129 startups e empreendedores.

Em 2020, devido à pandemia da covid-19, os coworkers ganharam o Worktiba Digital, uma plataforma on-line para conexões e capacitações.

Tecnoparque

Em 2018, Prefeitura e Agência Curitiba relançaram o Curitiba Tecnoparque, programa de fomento municipal que oferece desconto de 5% para 2% no Imposto Sobre Serviços (ISS) a empresas que investem em tecnologia e inovação na capital. Um total de 112 empresas estão inscritas no Tecnoparque, que juntas geram 12,9 mil empregos e faturam R$ 4,98 bilhões.

Bom Negócio 

Em 2018, foi retomado o programa Bom Negócio, que passou a oferecer gratuitamente jornadas de educação empreendedora de alto impacto, dentro do conceito do Vale do Pinhão, divididas em aulas a distância e presenciais. De lá para cá, a parceria com instituições de ensino, órgãos de classe e fomento e especialistas em gestão preparou 4,4 mil pessoas para um novo olhar sobre gestão empresarial, com foco, principalmente, no mundo digital.

Smart City Expo Curitiba 

Desde 2018, a capital paranaense foi escolhida como sede no Brasil do maior evento de cidades inteligentes do mundo: o Smart City Expo Curitiba.

Lei de Inovação

A partir de 2019, Curitiba deu um salto ainda maior como cidade inteligente e no desenvolvimento sustentável com a Lei de Inovação, que trouxe um arcabouço jurídico para a atuação do poder público na área de inovação. Com a lei, foi criado o Conselho de Ciência, Tecnologia e Inovação, que estabelece as diretrizes para diminuir a burocracia e incentivar o relacionamento entre todo o ecossistema de inovação. 

FabLab Cajuru

A Agência Curitiba em parceria com a Fundação de Ação Social (FAS) inaugurou, em 2019, o FabLab Cajuru, laboratório de fabricação por prototipagem que tem a chancela do Instituto de Arquitetura Avançada da Catalunha (IAAC) e do Center for Bits and Atoms do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT).

Neste ano, 20 mil máscaras-escudo (face shield) foram produzidas em impressoras 3D no FabLab Cajuru para profissionais que estão na linha de frente do combate da covid-19.

Espaços Empreendedor

Curitiba tem nove Espaços Empreendedor, com serviços gratuitos de formalização, capacitação e orientação sobre crédito para microempreendedores individuais (MEIs). Duas unidades, inclusive, foram inauguradas em 2017 (CIC) e 2019 (Tatuquara).

Em quatro anos, foram 606,3 mil atendimentos (até novembro de 2020) e, durante a pandemia, as equipes continuaram a prestar serviço on-line até setembro. Atualmente, os locais atendem com agendamento. 

Os Espaços Empreendedor, através de parceria entre a Agência Curitiba e a Fomento Paraná, começaram a ofertar, em 2019, crédito para os empreendedores, que agora têm acesso a financiamentos entre R$ 1 mil e R$ 20 mil, conforme avaliação cadastral.

Paiol Digital e outros eventos

O Vale do Pinhão promoveu mais de 200 eventos presenciais de capacitação e conexões, nos últimos quatro anos, entre fóruns, palestras, seminários e workshops – todos gratuitos. Destaque para as 18 edições do Paiol Digital, que reuniram 3,3 mil pessoas e transformaram o Teatro do Paiol em um grande fórum de apresentação de soluções que melhoram o dia a dia das pessoas; e o Conexões Vale do Pinhão, que em dezembro de 2019 lotou o Teatro Guaíra de empreendedores que foram ouvir nomes como como Alphonse Voigt, fundador da startup curitibana Ebanx, primeiro unicórnio do Vale do Pinhão e do Sul do País (empresas de tecnologia avaliadas em mais de US$ 1 bilhão). 31 mil pessoas participaram, entre 2017 e 2020, dos 200 fóruns, palestras, seminários e workshops – todos gratuitos – promovidos pelo Vale do Pinhão.

Empreendedora Curitibana

Cerca de três mil mulheres foram capacitadas em evento presenciais, entre 2018 e 2020, com o objetivo de auxiliá-las no desenvolvimento dos seus negócios, além de prepará-las para o Prêmio Empreendedora Curitibana, que é bianual e terá sua próxima edição em 2021. 

1º Empregotech

Parceria entre a Agência Curitiba e a FAS, o programa Primeiro Emprego em Tecnologia (1ºEmpregotech) começou a oferecer gratuitamente, em 2020, um inédito curso de programação de computação para jovens entre 16 a 22 anos. A primeira turma do Empregotech formou 291 alunos, que podem ser constratados como aprendizes por startups e empresas de tecnologia de Curitiba e região.

Inova VP

Previsto na Lei de Inovação, o Fundo de Inovação (Inova VP) irá destinar R$ 10 milhões a projetos de inovação e pesquisa científica e tecnológica na capital. Startups e empreendedores de impacto social, tecnologia e cidades inteligentes poderão requerer recursos em 2021.

Plano de Retomada Econômica Pós-Pandemia do novo coronavírus

Agência Curitiba participou ativamente, em 2020, da concepção do Plano de Retomada Pós-Pandemia do novo coronavírus. São medidas que têm permitido aos empreendedores e empresas da capital entrar em um novo ciclo de excelência no mercado graças a iniciativas do município como o Fundo de Aval Garantidor de R$ 10 milhões, que concede garantias do município aos empréstimos contraídos pelas empresas; e a oferta gratuita dos serviços do Programa Sebrae de Consultoria Tecnológica (Sebraetec), em uma parceria com o Instituto Municipal de Turismo, a mais de 800 empreendedores, artesãos e empresários do setor de viagens e turismo da capital. O Fundo de Aval já possibilitou R$ 2 milhões em empréstimos para empreendedores e empresas como salões de beleza, petshop, comércio de máquinas, cafeterias, autopeças, lojas de roupas.

A garantia é um dos maiores obstáculos no acesso ao crédito para quem tem um pequeno negócio. O aporte da Prefeitura é o maior do Brasil feito por uma cidade e pode alavancar até R$ 100 milhões em empréstimos.

Por outro lado, as consultorias gratuitas do Sebraetec estão sendo ofertadas a empresários do setor turístico que querem expandir seus negócios digitais, com capacitações em áreas como criação de sites, aplicativos e e-commerce, finanças e inovação.

A Agência Curitiba e o Sebrae-PR ainda desenvolveram várias ações conjuntas para fortalecer a economia nos bairros durante e pós-pandemia.  A mobilização está ocorrendo nas dez administrações regionais de Curitiba, com forças-tarefas integradas por consultores do Sebrae-PR e servidores do município oferecendo orientações e capacitações nas Ruas da Cidadania. 

Além disso, as capacitações presenciais gratuitas de empreendedores – que em três anos de gestão já tinham atingido a marca de 200 eventos presenciais – rapidamente passaram a ser oferecidas em plataformas digitais durante a pandemia. Foram cerca 90 lives com especialistas convidados, incluindo as aulas do programa Bom Negócio, oficinas do Empreendedora Curitibana, Mutirão MEI e Business Round. Também foi lançada a inédita competição de startups Pitch Live, evento on-line que já teve duas edições em 2020.

Resultados

– Curitiba gerou 11,7 mil vagas com carteira assinada em outubro de 2020, consolidando a recuperação que teve início em junho. Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados pelo Ministério da Economia em novembro mostram que o número de empregos criados em outubro foi o triplo do registrado em setembro (3,9 mil novas vagas). Além disso, no período, Curitiba foi a cidade que mais gerou empregos no Estado, sendo responsável por 35% do saldo total (33.008).

– Em 2019, antes da pandemia, a capital teve saldo de 19.325 empregos, segundo o Caged, um crescimento de 38% em relação a 2018, quando Curitiba já tinha tido saldo positivo de 14 mil vagas criadas. Foi o melhor desempenho desde 2013 e que colocou a capital paranaense em terceiro lugar entre as cidades que mais criaram vagas, atrás de São Paulo e Belo Horizonte.

– A capital lidera ainda a geração de empregos de TI no Paraná (2019), a arrecadação de ISS cresceu 20% e, no Ranking Endeavor de Empreendedorismo, a cidade passou 15º para o 4ª lugar.

– Curitiba conquistou o título de cidade com a maior produtividade e eficiência do setor de tecnologia do Brasil em 2020 pelo relatório anual Tech Report 2020.

– Curitiba saltou 20 posições para ocupar o 5º lugar no ranking brasileiro Cidades Amigas da Internet 2020, graças a iniciativas como o novo decreto municipal de implantação das Estações de Transmissão de Radiocomunicação (ETRs) e instalação de antenas de telefonia e telecomunicações em propriedades particulares, fundamental para a chegada da tecnologia 5G na capital.

Prêmios de Curitiba e do Vale do Pinhão entre 2017 e 2020

Connected Smart Cities 2018 – Primeiro lugar no ranking entre as cidades mais inteligentes do Brasil no estudo da consultoria Urban Systems.

Latam Smart City Awards 2018 – Primeiro lugar com o aplicativo Saúde Já, na categoria Transformação Digital, durante evento em Puebla (México).

Intelligent Community Forum (ICF) 2019 e 2020 – Uma das 21 comunidades mais inteligentes do mundo, pelo segundo ano consecutivo, de acordo com o ranking do IFC.

World Smart City Awards 2019 – Uma das seis cidades mais inteligentes do mundo, na categoria Ambiente Urbano, durante Smart City World Congress, em Barcelona (Espanha).

Latam Smart City Awards 2019 – Vale do Pinhão entre os finalistas do prêmio que ocorre no México.

12º Prêmio Ozires Silva de Empreendedorismo Sustentável (2019) – Worktibas foram vencedores.

Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social 2019 – Certificação para os Worktibas.

Congresso Sesi ODS 2019 – Selo Sesi ODS para o Worktiba. Selo Sesi ODS para a Agencia Curitiba.

Prêmio Cidades Sustentáveis 2019 – 2º lugar para o Programa Empreendedora Curitibana (categoria médias e grandes cidades).

Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2019 – A capital recebeu o prêmio, na categoria Cooperação Intermunicipal para o Desenvolvimento Econômico, com o projeto Programa de Desenvolvimento Produtivo Integrado da RMC (Pró-Metrópole).

The Global Startup Ecosystem Report 2020 – Curitiba figurou pela primeira vez no Top 100 Ecossistemas Emergentes do mundo do Startup Genome.

Wellbeing Cities Award  2020 (Prêmio Cidades de Bem-Estar 2020) – Vencedor na categoria “Construindo uma economia urbana vibrante”, da premiação criada pela NewCities, organização sem fins lucrativos global com sede no Canadá.

SCMS Curitiba

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.