Paraná

Com foco no combate à Covid-19, Estado do Paraná lança o Verão Consciente

Em virtude da pandemia da Covid-19, o Governo do Estado montou um planejamento que visa a preservação da saúde durante a temporada de calor. A iniciativa foi batizada de Verão Consciente e a estratégia é reforçar a necessidade do distanciamento social e difundir outras medidas sanitárias como forma de conter a circulação do vírus.

Os detalhes da operação foram apresentados nesta sexta-feira (18), no Palácio Iguaçu, pelos secretários Beto Preto, da Saúde, Rômulo Marinho, da Segurança Pública, e pelo superintendente-geral da Paraná Esporte, Helio Wirbiski. O programa de atividades começa neste sábado (19) e vai durar até o carnaval.

Haverá reforço nas ações de saúde, segurança pública e meio ambiente tanto no Litoral quanto nas prainhas fluviais das regiões Oeste, Noroeste e Norte Pioneiro. Para evitar aglomerações de pessoas, o Estado cancelou toda a programação de atividades esportivas, artísticas, de lazer e culturais que estavam previstas, como os shows musicais, trios elétricos e queima de fogos durante a celebração do Réveillon.

Em manifestação recente, o governador Carlos Massa Ratinho Junior já havia pedido apoio à população para evitar a disseminação da infecção pelo novo coronavírus. “Quem puder, fique em casa. Mais do que nunca terá de ser um verão consciente, um verão da consciência”, destacou. “Precisamos do apoio e da conscientização de todos para o que o sistema de saúde não entre em colapso”, afirmou.

O Estado vai oferecer seis postos de testagem, do modelo RT-PCR (cotonete) durante o verão no Litoral. A intenção é descobrir quem pode estar com a doença para iniciar o tratamento e o isolamento. Os pontos de coleta serão instalados em Matinhos, Guaratuba, Morretes, Pontal do Sul, Ipanema e Praia de Leste e terão capacidade de realizar em conjunto até 2 mil testes por dia, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

Com o cancelamento da programação voltada para o entretenimento, todos os 200 estagiários de Educação Física e Enfermagem contratados temporariamente para atuar durante a temporada foram deslocados para ações de orientação. Com o apoio da Secretaria de Estado da Saúde, eles estarão diariamente nas praias paranaenses para reforçar para as pessoas a importância do distanciamento, do uso de máscaras, do álcool em gel e da higiene pessoal.

Uma equipe percorrerá de van as cidades, orientando a população que reside longe da faixa de areia. “A palavra de ordem é bom senso, por isso a opção de realizar um Verão Consciente. Vamos trabalhar na prevenção, educação e orientação, contando sempre com a empatia das pessoas”, ressalta Wirbiski.

NORMA TÉCNICA  – A Secretaria da Saúde preparou a resolução técnica 1471/2020 que serviu de base para a elaboração de uma cartilha de boas práticas para quem for passar o verão nas praias do Paraná. Entre outros pontos, a normativa tornou obrigatório o uso de máscaras na areia, podendo ser retirada apenas durante o banho de mar ou para alimentação. O mesmo vale para quem for usar os banheiros públicos instalados nas orlas.

“Durante o tempo em que estiverem na areia para o banho de sol, as pessoas que não pertencerem ao mesmo grupo familiar ou de convivência devem manter-se a uma distância mínima de 1,5 metro entre si”, diz parte da resolução.

Outra recomendação é de, na areia, só haja concentração de pessoas que pertençam ao mesmo núcleo familiar ou de convivência, com os grupos não excedendo 5 pessoas. “O vírus é terrível e o momento é muito delicado, à beira de um período que pode se tornar crítico. Então, quem puder fazer a escolha, que não vá para a praia. Fique em casa, em isolamento. É a melhor opção para o momento”, destacou Beto Preto.

LEITOS – A 1ª Regional de Saúde prestará apoio às estruturas municipais de saúde. Está prevista a ampliação dos leitos exclusivos para tratamento da Covid-19, tanto de UTI quanto de enfermaria, no Hospital Regional de Paranaguá. Passará de 30 para 50, um acréscimo de 67%.

Haverá ainda ações de vigilância sanitária, prevenção e campanhas educativas contra a Covid-19, dengue, zika, chikungunya, sarampo, febre amarela, HIV e outras doenças sexualmente transmissíveis.

Outro apoio do Estado se dará com médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e rádio-operadores aplicados nos municípios de Matinhos, Guaratuba, Pontal do Paraná, Guaraqueçaba e Paranaguá. Também serão disponibilizadas ambulâncias extras com Suporte Avançado.

AERONAVES – Também está previsto o reforço do serviço de resgate e remoção aeromédica, para atuação em conjunto com os integrantes do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) e criada a Central de Regulação Médica de Urgência do SAMU Regional Litoral.

“Fizemos todo o possível para ampliar as condições, mas a estrutura tem fim. A demanda por leitos é muito grande. E, neste momento, há dificuldade para se encontrar profissionais capacidades para atuar no combate à doença”, explicou o secretário da Saúde.

SEGURANÇA PÚBLICA – O planejamento das Polícias Militar, Civil e Científica inclui a permanência de cerca de 2 mil profissionais em todo o Litoral para reforçar a presença ostensiva, com estruturação também da Polícia Judiciária nas delegacias. O Departamento Penitenciário, por sua vez, terá equipes para fazer o monitoramento de pessoas que possuam tornozeleira eletrônica e adotará gestões para evitar lotação de cadeias na região.
As praias contarão com guarda-vidas civis e militares do Corpo de Bombeiros, com o trabalho de prevenção a afogamentos, e resposta rápida em casos de busca e resgate, atendimento pré-hospitalar e combate a incêndio. Neste ano, serão 91 Postos de Guarda-Vidas distribuídos nos balneários para atender as pessoas em casos de afogamentos ou outras situações mais graves.

Os bombeiros terão à disposição ainda uma embarcação de grande porte, capaz de fazer transporte de pacientes e o patrulhamento na orla, a chamada “ambulancha”. “Desde agosto estamos nos empenhando neste planejamento para o verão. Os policiais vão dar a pronta resposta para a sociedade, espalhando a sensação de segurança. E, evidentemente, ajudando a saúde para que o sistema médico não entre em colapso”, disse Marinho.

TERMO CIRCUNSTANCIADO – De acordo com o secretário da Segurança Pública, aquelas pessoas que desrespeitarem as medidas restritivas colocadas em vigor pelo decreto 6.555/2020 poderão ser levadas à delegacia para a assinatura de termo circunstanciado, com base nos artigos 230 (desobediência) e 268 (propagação de doença contagiosa). O Tribunal de Justiça prevê também a instalação de uma base temporária no Litoral durante a temporada.

Entre outras medidas, a peça jurídica estabelece a proibição de confraternizações e eventos presenciais que causem aglomerações com grupos de mais de 10 pessoas e a vedação da comercialização e do consumo em vias e espaços públicos de bebidas alcoólicas das 23 horas às 5 horas. A decisão acompanha o impedimento provisório na circulação de pessoas no mesmo período. A regra vale até o próximo dia 28.

“O pedido inicial é para a orientação. Mas se houver a insistência, os policiais estão preparados para agir de acordo com a lei”, disse Marinho.

A Polícia Militar pede ainda a participação da comunidade no auxílio das equipes policiais em relação às fiscalizações. “Eu peço que as pessoas confiem no trabalho da Polícia Militar, que tenham o nosso telefone 190 sempre à mão e contem com a polícia”, afirma o major Ricardo Fardim Eguedis, porta-voz da PM.


Veja em detalhes as ações da Operação Verão Consciente

SEGURANÇA PÚBLICA

Reforço no número de profissionais no Litoral, com planejamento integrado das Polícias Militar, Civil e Científica;

Reforço na estrutura da Polícia Judiciária nas delegacias;

Equipes e recursos para a realização de procedimentos, perícias e exames criminais com eficiência para o cidadão;

O Departamento Penitenciário também terá equipes para fazer o monitoramento de pessoas que possuam tornozeleira eletrônica e adotará gestões para evitar lotação de cadeias na região;

As praias contarão com guarda-vidas civis e militares do Corpo de Bombeiros, com o trabalho de prevenção a afogamentos, e resposta rápida em casos de busca e resgate, atendimento pré-hospitalar e combate a incêndio;

Neste ano, serão 91 Postos de Guarda-Vidas distribuídos nas praias dos balneários;

Os bombeiros terão uma embarcação de grande porte, capaz de fazer transporte de pacientes e o patrulhamento na orla, a chamada “ambulancha”;

Fiscalização quanto ao uso de máscara facial, distanciamento social, aglomeração de pessoas;

ESPORTE

Cancelamento das atividades de lazer e recreação como forma de evitar aglomerações;

Cancelamento de atividades esportes coletivos, gincanas e passeios em grupo organizados pelo Governo do Estado;

Cancelamento de shows musicais, artísticos e culturais;

Cancelamento da queima de fogos e trios elétricos durante a festa de Reveillon;

Com apoio e orientação da Secretaria de Estado da Saúde, 200 estagiários de Educação Física estarão diariamente nas praias do Estado para orientar as pessoas sobre o distanciamento e outras ações de prevenção ao coronavírus;

SAÚDE

Ativação de mais leitos de UTI e enfermaria exclusivos para Covid-19 no Hospital Regional de Paranaguá;

Serão seis postos no Litoral à disposição da população para a realização de testes do tipo RT-PCR;

A 1ª Regional de Saúde prestará apoio às estruturas municipais de saúde com ações de vigilância sanitária, prevenção e campanhas educativas contra a Covid-19, dengue, zika, Chikungunya, Sarampo, Febre Amarela, HIV e outras doenças sexualmente transmissíveis;

Reforço no número de médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e rádio-operadores nos municípios de Matinhos, Guaratuba, Pontal do Paraná, Guaraqueçaba e Paranaguá;

Disponibilização de ambulâncias extras com Suporte Avançado;

Reforço do serviço de resgate e remoção aeromédica, para atuação em conjunto com os integrantes do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) e criada a Central de Regulação Médica de Urgência do SAMU Regional Litoral;

Equipes em vans percorrerão as cidades, os pontos mais afastados da faixa de areia, com orientações sanitárias;

MEIO AMBIENTE

Ampliação nos recursos disponibilizados para o tratamento de resíduos, recolhimento de lixo e limpeza de canais e rios nos municípios litorâneos;

Ações voltadas às fiscalizações, prevenções e ações de prevenção a crimes ambientais por meio do Instituto Água e Terra (IAT);

O Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb-FV) terá equipes para combater a caça ilegal, o desmatamento e a pesca irregular. Com patrulhamento a pé, motorizado e aquático, a unidade reforçará a prevenção aos crimes ambientais;

RODOVIAS

O Departamento de Estradas e Rodagem (DER) intensificará a fiscalização de veículos de transporte nas estradas estaduais;

Apoio do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) nas abordagens e fiscalização contra crimes de trânsito, principalmente nos casos de embriaguez de volante, excesso de velocidade e ultrapassagem em local proibido.

AEN

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.