Paraná

Com estrutura moderna, nova sede do IML é inaugurada em Curitiba

O governador Beto Richa entregou nesta quinta-feira (15) a nova sede do Instituto Médico-Legal de Curitiba. A obra do Governo do Estado foi realizada com investimento de R$ 35,7 milhões – R$ 25,7 milhões na estrutura física, que tem 6,5 mil metros quadrados, e mais R$ 10 milhões em equipamentos. “Está entre os mais modernos do mundo, com estrutura adequada para o atendimento humanizado”, afirmou Richa.

Localizada no bairro Tarumã, o prédio abriga laboratórios forenses, consultórios humanizados para reconhecimento de corpos e também a administração superior da Polícia Científica do Paraná. A unidade homenageia Victor Ferreira do Amaral, primeiro médico legista nomeado pelo Estado e um dos fundadores da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Desde 2011, além da nova sede de Curitiba, o Governo do Estado investiu em novas unidades em Maringá, Londrina e Paranaguá e fez uma reforma completa no IML de Umuarama. Nos últimos anos, também foram investidos cerca de R$ 5 milhões no Banco de Perfis Genéticos de Criminosos do Paraná, uma base de dados de DNA pioneira no país.

MAIS AGILIDADE – O governador destacou que o novo espaço do IML de Curitiba dará mais condições de trabalho aos profissionais da Polícia Científica. “Estrutura moderna e adequada e profissionais qualificados garantem mais agilidade e eficiência ao atendimento, às perícias e liberação dos corpos”, disse Richa, lembrando que autorizou a contratação de mais 28 peritos.

Para a vice governadora Cida Borghetti, a obra é fundamental para ampliar a capacidade de produção da Polícia Científica, que é essencial para o combate à criminalidade. “Faz parte dos investimentos contínuos para a valorização do servidor público”, disse.

ANTIGA DEMANDA – De acordo com o secretário de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Júlio Reis, o espaço foi planejado e construído para garantir melhor atendimento e mais conforto aos cidadãos. “A estrutura foi planejada para proporcionar um atendimento humanizado às pessoas que dependem do serviço em vida, como as vítimas de violência doméstica e violência sexual e os presos. Esta unidade do IML será referência em atendimento para o país”, afirmou.

Além disso, segundo ele, a nova sede atende uma antiga demanda da Secretaria da Segurança. “A estrutura antiga tem cerca de 40 anos de uso e tornou-se pequena diante do aumento da demanda da Capital”, explicou Reis. O prédio antigo, no centro de Curitiba, continuará abrigando o Instituto de Criminalística.

LABORATÓRIOS E CÂMARAS – Dividido em três andares, o complexo conta com laboratórios de biologia, DNA, patologia, antropologia, toxicologia, salas de observatório, necropsia e áreas administrativas. “Com esta estrutura o Governo do Estado responde a uma espera de mais de 40 anos. Hoje temos espaço moderno e valorização profissional”, afirmou o diretor da Polícia Científica, Hemerson Bertassoni Alves.

No novo espaço foi possível ampliar o número de câmaras frias, de 69 para 128, instalar o Museu de Ciências Forenses e construir um auditório com capacidade para 120 pessoas. O estacionamento também tem mais vagas do que a unidade do centro.

Em comparação à estrutura antiga, todos os laboratórios contam com um espaço físico ampliado, possibilitando a instalação de novos equipamentos. É o caso do laboratório de DNA, que começará a utilizar um novo robô para análises, e da seção de química que operará um novo equipamento de infravermelho.

Os 28 agentes da Polícia Científica, nomeados pelo governador Beto Richa na última quarta-feira (7), ocuparão vagas para as funções de médico legista, perito criminal e auxiliar de perícia oficial.

Os investimentos feitos na Polícia Científica integram o programa Paraná Seguro, que abrange também a contratação de 11 mil profissionais para as forças de segurança do Estado e aumento da frota, com a aquisição de 3 mil novas viaturas, compra de armas e equipamentos modernos.

Na Polícia Científica, além de novas unidades do IML, houve aumento da frota, com mais 30 viaturas novas; investimentos em áreas como DNA Forense, equipamentos, laboratórios e concurso público, além do reconhecimento da Polícia Científica.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.