Esportes - Coluna ''Destaque Entre Redes''

Coluna Quatro Linhas – Por Patricia Deud

Final de semana:

Sábado 25,o Atlético Paranaense do técnico Milton Mendes foi a Florianópolis e enfrentou o Avaí comandado pelo técnico Gilson Keina , no estágio da Ressacada no horário das 18:30 e o resultado do jogo foi:

Público: 4919 pessoas

O jogo começou com o primeiro chute do Avaí aos três primeiros minutos de jogo com o passe de Renan Oliveira para Roberto que chutou mas a zaga atleticana cortou o lance.

O Atlético com Nikão aos sete minutos na entrada da área livre de marcação com a defesa do goleiro Vágner.

Uma bicicleta apareceu aos dezenove minutos na jogada do Avaí com Eduardo Neto para a defesa do Weverton.

Aos vinte e cinco minutos o Avaí assustou com Roberto que mandou na área atleticana um chute pra fora do gol.

O Atlético aos trinta e seis minutos atacou com Bruno Mota que chutou para a defesa do goleiro Vágner.

Uma falta para o Atlético poderia ter aberto o placar da partida que na cobrança de Nikão aos trinta e nove minutos de jogo acertou o travessão e levantou a torcida presente no estádio.

E o primeiro gol do jogo aconteceu aos quarenta e dois minutos com Marcos Guilherme que começou a jogada no meio,passou para Crysan ,depois entrou na área e chutou e marcou.

Avaí 0x1 Atlético.

E para finalizar a primeira etapa aos quarenta e quatro minutos em uma cobrança de falta para o Avaí com Renan Oliveira pela esquerda , a bola parou nos pés do Roberto que acabou acertando a trave.

Veio a segunda etapa e com ela a grande emoção da partida.

Aos dez minutos,Renan Oliveira dentro da área chutou mal por cima do gol do Weverton.

Dois minutos depois, mais Avaí que lutava pelo empate,Rômulo escapou da marcação e chutou no canto para defesa do Weverton.

E o Avaí buscou e conseguiu o gol aos trinta e oito minutos com o passe de André Lima que estava na pequena área e completou para as redes de Weverton.

Mas o jogo ainda teve mais um gol atleticano aos quarenta e quatro minutos com a primeira tentativa de Otávio que não deu certo,Marcos Guilherme chutou e acertou.

Avaí 1×2 Atlético.

Finalzinho de jogo,a torcida visitante comemorando e no lance seguinte,o Roberto caiu na área no lance com Kadu e o árbritro marcou pênalti.

Suspense no estádio até Juninho mandar no canto esquerdo e Weverton pegou o mesmo acabando com a possibilidade do empate na partida.

E foi assim que terminou mais um confronto entre os estados Paraná e Santa Catarina no campeonato brasileiro.

Pontos Positivos: A vitória atleticana fora de casa,pela forma que foi com os dois gols e a defesa do goleiro Weverton.

Pontos Negativos: a saída do Crysan do jogo,foi ele que contribuiu para o primeiro gol da equipe e fez falta no meio campo durante o segundo tempo, e o cartão amarelo do Sidcley que tentou atrapalhar a cobrança de uma falta do Avaí,completamente desnecessário.

Destaques do jogo: Marcos Guilherme pelos dois gols que fez,Crysan pelas armações que produziu até deixar a partida.

No lado do Avaí,Renan Oliveira foi o determinado em campo

Gol mais bonito:o segundo do Marcos Guilherme

Comentário final: O jogo que a medida que o tempo passava ficava mais emocionante ,dois gols e uma defesa de pênaltis deixaram a partida mais atrativa de se assistir.

O Atlético agora com mais três pontos somados está em sexto lugar na tabela de classificação da competição e irá enfrentar o Alvi Verde paulista  domingo próximo dia 2/8 às 11:00 na Arena Palmeiras.

 

Cartões amarelos:Tauã,Roberto(Avaí) e Crysan,Eduardo e Sydcley.

Arbitragem:

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO)

Assistentes:  Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Eduardo Gonçalves da Cruz (Asp.Fifa-MS)

Equipes:

Avaí :  Vagner; Nino Paraíba, Jéci, Emerson e Romário; Pablo, Eduardo Neto (Juninho) e Renan Oliveira; Roberto, Tauã (Rômulo) e William (André Lima)

Técnico: Gilson Kleina

 

Atlético PR:  Weverton; Eduardo (Bruno Pereirinha), Vilches, Kadu e Sidcley (Natanael); Otávio, Hernani e Bruno Mota; Marcos Guilherme, Crysan (Ytalo) e Nikão

Técnico: Milton Mendes

 

No domingo 26, em Curitiba, o Coritiba do técnico Ney Franco recebeu o Corinthians comandado por Tite no estádio Couto Pereira no horário das 16:00 e o placar foi:

Coritiba 1×1 Corinthians

Público: total 20.467 pessoas

O primeiro lance do Coritiba aos nove minutos com Rafhael Lucas que tentou passar pela marcação,arriscou de fora da área ,mas a bola saiu por cima do gol do Cássio.

Aos onze minutos,com Norberto o Coritiba foi pro ataque novamente no passe para Marcos Aurélio que chutou cruzado para defesa de Cássio.

O Corinthians respondeu aos dezesseis minutos com Vágner que tocou para Jádson que lançou Malcom de primeira que entrou na área e errou o chute.

Aos vinte e um minutos o gol anulado do Coritiba quando Rafhael Lucas invadiu a área e marcou ,não valia mais nada,o árbitro tinha anulado o lance por impedimento.

Aos vinte e nove minutos uma grande chance para o Corinthians com Fágner que dentro da área cruzou ,Wilson mal no lance,com Vágner finalizando pra fora do gol.

Aos trinta e dois minutos a chance do Coritiba no passe de Esquerdinha para Thiago Galhardo que na grande área chutou mais uma vez para a defesa do goleiro visitante.

Aos quarenta minutos,Corinthians novamente no ataque no passe de Malcom para Vágner Love que chutou no canto do Wilson que salvou o Coritiba de levar o gol.

E no lance seguinte o time paulista abriu o placar após cobrança de escanteio,Felipe na área de cabeça guardou a bola nas redes do goleiro Wilson.

Coritiba 0x1 Corinthians

E na entrada da segunda etapa o técnico Ney Franco mudou o Coritiba,saiu Leandro Silva,entrou Evandro o garoto gol do jogo.

Aos oito minutos quase o Corinthians faz o segundo gol ,no cruzamento de Fágner para Edu Dracena que de cabeça tentou o gol para a defesa do goleiro Wilson.

Um minuto depois novamente o Corinthians no ataque com Edu Dracena no cruzamento Vágner Love não conseguiu completar o lance a bola foi pra fora.

Aos dezesseis minutos ,o Corinthians com Felipe após cobrança de escanteio de Jádson mandou de cabeça pra fora  gol de Wilson .

Aos dezenove minutos na errada de Malcom ,o Coritiba armou o contra ataque com Esquerdinha no passe do Rafhael Lucas que chutou errado pra fora.

O tempo passava e o gol de empate não surgia,a torcida reclamando ,o time do Coritiba tentando empatar a partida e as reclamações surgindo.

Aos quarenta e três minutos Marcos Aurélio cruzou ,a chance foi clara,mas não completada a bola passou e quase enganou o goleiro Cássio.

E aí sim aos quarenta e seis minutos o gol de empate do Alvi Verde aconteceu com Evandro,na jogada que começou com Negueba,passou por Rafhael Lucas e terminou com o garoto que já havia brilhado em Campinas.

Coritiba 1×1 Corinthians.

Pontos Positivos: Mesmo com todos os desfalques que teve ,Ney Franco para montar sua equipe,a mesma entrou em campo para lutar por três pontos,determinação não faltou.

Pontos Negativos: o que faltou foram concretizar as chances de gol desperdiçadas,menos erros e mais bola na rede.

Destaque do jogo:Evandro pelo gol que fez e garantiu ao menos um ponto em casa em um jogo que até quase o final da partida já tinha acreditado ser mais uma derrota “em casa”.

Comentário final: O Coritiba está indo de ponto em ponto,na luta para sair da posição em que se encontra faltou mais volume de jogo, a situação cada vez fica mais complicada,espera-se mais recuperação de jogadores que estão no departamento médico para que possam voltar a jogar rapidamente e contribuir para melhor andamento dos jogos daqui pra frente bem como mais disciplina,menos jogadores suspensos também ajudaria a manter a equipe com menos substituições a cada partida.

Cartões amarelos:Leandro Silva,Rafhael lucas,e Evandro (Coritiba).

Cássio e Ralf (Corinthians)

Arbitragem:

O árbitro: Pablo Santos Alves

Os assistentes:  Alessandro A. Rocha de Matos (BA) e Cleriston Clay Barreto Rios (SE

Equipes:

Coritiba :  Wilson, Norberto , Luccas Claro, Leandro Silva (Evandro) e Juninho; João Paulo, Alan Santos (Negueba), Thiago Galhardo (Rodolfo) e Esquerdinha; Marcos Aurélio e Rafhael Lucas

Técnico: Ney Franco

 

Corinthians :  Cássio; Fagner, Felipe, Edu Dracena e Uendel; Bruno Henrique; Jadson, Elias, Renato Augusto (Ralf) e Malcom (Rildo); Vagner Love (Danilo)

Técnico: Tite

fonte da ficha técnica: gazeta esportiva

Pai, glorifica o teu nome. Então veio uma voz do céu que dizia: Já o tenho glorificado, e outra vez o glorificarei.

João 12:28

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.