CuritibaSaúde

Cirurgias eletivas estão suspensas em hospitais públicos e privados de Curitiba

A Prefeitura de Curitiba publicou nesta terça-feira (24/11) um decreto que suspende temporariamente a realização de cirurgias e procedimentos eletivos em hospitais públicos e privados da cidade. Cirurgias eletivas são aquelas não urgentes, marcadas com antecedência. 

A decisão foi tomada após comunicados de hospitais da rede complementar de saúde sobre a lotação de leitos hospitalares. O avanço da pandemia na cidade também balizou a medida, que foi discutida e analisada pelo Comitê de Técnica e Ética Médica.

As cirurgias eletivas nos hospitais credenciados ao SUS já estavam suspensas desde o dia 17 de novembro. Com a publicação do Decreto Municipal 1580 a medida passa a valer também para os hospitais particulares da cidade.

O aumento no movimento de pacientes com sintomas respiratórios nas Unidades de Pronto Atendimento após o feriado de 2 de novembro gerou alerta sobre a rede de assistência hospitalar. 

“O aumento já tendenciava um reflexo em internamentos, por isso adiantamos a suspensão das cirurgias eletivas no SUS “, esclareceu a secretária municipal da Saúde, Marcia Huçulak.

Com isso, o leito que seria utilizado para este procedimento pode ser destinado a atendimentos de pacientes com a covid-19.
De acordo com Márcia, o cenário epidemiológico exige medidas para garantir prestação de assistência à população.

“Temos que adotar estratégias que possibilitem otimizar toda a rede hospitalar da cidade, seja ela pública ou privada, para o enfrentamento da pandemia”, reforçou a secretária.

Exceções 

Podem ser realizados procedimentos cirúrgicos eletivos essenciais, aqueles que podem gerar piora do quadro clínico, nas especialidades de cardiologia, urologia, oftalmologia, oncologia e nefrologia, além das cirurgias inadiáveis pós-traumas.

Caso excepcionais deverão ser avaliados pela Secretaria Municipal da Saúde.

A medida entra em vigor a partir da 0 hora do dia 25 de novembro e terá validade de 14 dias.

SMCS

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.