RMC

Chuvas não recuperam níveis de reservatórios de água na RMC, diz Sanepar

As chuvas ainda não foram suficientes para garantir um crescimento constante e confiável do nível dos reservatórios do Sistema de Abastecimento de Curitiba e Região Metropolitana. O volume de precipitação no período de novembro/2020 a janeiro/2021 elevou os níveis dos reservatórios para os atuais 47,57%, índice abaixo de 60% considerado estratégico e seguro para que haja qualquer modificação no sistema de rodízio.

No relatório de monitoramento das chuvas, o Simepar (Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná) e o Observatório do Clima apontam que os rios que formam os mananciais de abastecimento foram pouco beneficiados pelas chuvas. A recomendação é de cautela frente à escassez hídrica.

O cenário hidrológico é de recuperação progressiva e lenta da normalidade no Norte do Estado e Região Metropolitana de Curitiba, segundo o relatório. A recuperação para níveis normais com o escoamento da água das chuvas ainda é tímida.

A Sanepar, portanto, reafirma a necessidade de manutenção do rodízio, considerando também que o déficit hídrico acumulado no último ano ainda não foi superado. E reforça a importância do uso racional da água por parte da população dentro da Meta20, principalmente num cenário de altas temperaturas em que pode haver uma tendência para consumo maior de água.

AEN

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Ivone Souza - Redação

Ivone Souza é jornalista graduada pelo Centro Universitário Internacional Uninter. Foi repórter e produtora de conteúdos do Portal Mediação, redatora do site Uninter Notícias, escritora e cronista. Curte teatro, uma boa leitura e é apaixonada por viagens e fotografia.

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.