Brasil

Chegou o Virtus, um carro com muitas virtudes

Diferentemente dos dois últimos anos quando iniciaram apostando na briga acirrada entre os SUVs, 2018 o foco foi para os sedãs médios. Fiat e Volksvagem apressadamente lançam as versões três volumes dos seus últimos bem-sucedidos lançamentos de Hatches, o Argo e o novo Polo, A Fiat foi mais lerda e o Cronos deve chegar somente perto do carnaval, e a Volkswagen já colocou nas lojas o Virtus. O foi construído em cima da mesma plataforma modular do hacth que já é um dos carros mais vendidos do Brasil, mas promete ser mais do que simplesmente um Polo mais espaçoso. É que o Virtus alia o típico design alemão a conforto, potência e, sobretudo, tecnologia. Este promete ser, por sinal, o primeiro carro brasileiro a usar a inteligência artificial para auxiliar o motorista. Produzido em São Bernardo do Campo, o Virtus deve ocupar a lacuna que havia entre o Voyage e o Jetta no portfólio de sedãs da Volkswagen. Mas, apesar de ser um sedã compacto, não deixa a desejar em termos de espaço com os seus 4,48 metros. É que o modelo tem a mesma dianteira espaçosa do Novo Polo, mas aposta em um design mais alongado na traseira. Por isso, tem 2,65 metros de entre-eixos – a mesma dimensão do Jetta. E o porta-malas também é maior: comporta 521 litros, ao invés dos 510 do Jetta.
O Virtus chega em três versões. A de entrada vem com o motor 1.6 MSI com 117 cavalos de potência e combinado com um câmbio manual de cinco marchas. Já as versões superiores, Comfortline e Highline, vêm o motor 1.0 TSI turbinado. Este propulsor chega a 128 cavalos de potência e 20,4 kgfm de torque, mesmo com um câmbio automático de seis velocidades.
O novo sedã da Volkswagen ainda se destaca pela tecnologia, na sua versão mais completa, tem um painel bastante conectado. Com oito polegadas, a central multimídia (Discover Media) é sensível ao toque e se conecta rapidamente tanto ao celular do motorista quanto ao quadro de instrumentos do veículo, que também é digital. O Virtus será o primeiro carro fabricado no país com tecnologia de inteligência artificial. O recurso, que utiliza a plataforma Watson, da IBM, conversará com o condutor sobre dados do Manual do Proprietários e possíveis problemas. O assistente inteligente poderá responder de forma simples e rápida questões eventuais questões sobre o carro. O aplicativo Meu Volkswagen responde em português e espanhol. O Virtus começa a ser vendido em R$ 59.990, mas este valor sobe para R$ 73.490 na versão Comfortline e para R$ 79.990 na Highline. E este preço ainda pode subir devido aos pacotes adicionais, que incluem itens como o Discover Media e a câmera de ré.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.