Paraná

Carro capota, bate em outros dois e menino de 7 anos morre

Um sério acidente envolvendo três veículos, ocorrido por volta das 17h30 dedomingo (20) na Avenida Juscelino Kubistchek de Oliveira, próximo à Rua Aristóteles Batista Camargo, resultou em uma tragédia para uma família que vive na Vila Barigui, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC). Na fatalidade que envolveu o capotamento de Fiat Tempra e colisões com mais dois carros, um menino de sete anos morreu e mais quatro pessoas ficaram feridas, três delas em estado grave.

Segundo testemunhas, o Tempra vinha na Avenida Juscelino K. de Oliveira sentido BR-277 quando o condutor teria se perdido, batido na traseira de um Fiat Palio que acessava a avenida, capotado várias vezes e por fim, colidido de frente com um Peugeot 207, que seguia sentido CIC. Dentro do tempra estavam quatro pessoas: o condutor Leonildes Batista de 54 anos, sua esposa Jaqueline Mazaro, Vera Mazaro, 25 (filha de Jaqueline) e o menino que faleceu (filho de Vera). Jaqueline ficou presa nas ferragens e foi a última ser socorrida.

Após o acidente Leonildes foi esfaqueado perto dali, por uma pessoa que ainda não foi identificada. Segundo populares, a possível embriaguez do condutor do tempra teria sido a principal causa da batida e isto gerou revolta entre as testemunhas e os moradores do bairro, onde o próprio também reside.

Consequências

“Foi uma colisão entre veículos com várias vítimas. Uma delas fatal e as demais atendidas” disse a tenente do Corpo de Bombeiros Ana Paula Bage Alves. Ainda de acordo com a tenente, não foi possível verificar no local se o condutor do tempra estava ou não embriagado.

Leonildes, Jaqueline e Vera foram socorridos pelo Siate e encaminhados a hospitais de Curitiba. O condutor do peugeot Alexandre Pereira, de 40 anos, também foi levado ao hospital, com dores no peito. Já o motorista do palio não se feriu com gravidade.

Ainda abalado, o motorista do peugeot comentou o acidente. “O tempra bateu na traseira do palio, e depois em meu carro. Nem sei descrever, foi muito ruim ver tudo acontecendo e não poder fazer nada” relatou Alexandre.

Após o acidente o trânsito na região ficou interrompido na Avenida Juscelino K. de Oliveira por quase duas horas e lento no Contorno, devido a curiosidade de motoristas que paravam para ver os estragos e o trabalho dos bombeiros.

 

PrOn

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.