AraucáriaBrasil

Campanha de vacinação contra a gripe é prorrogada até 9 de junho

 

 

 

O Ministério da Saúde prorrogou a campanha de vacinação contra a gripe até o dia 9 de junho – o prazo se encerraria nesta sexta-feira, 26. A decisão foi motivada pela baixa adesão do público-alvo da campanha e foi anunciada nesta quinta-feira, 25, em reunião da Comissão dos Intergestores Tripartites (CIT).

O objetivo do governo federal é atingir a meta de vacinação de 90% do público-alvo, um porcentual maior do que em anos anteriores. Até a manhã desta quinta-feira, apenas 63,6% foram vacinados.

(Foto: EBC)

Segundo o ministério, considerando todos os grupos com indicação para a imunização, foram vacinados 35,1 milhões de brasileiros. Esse total inclui população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e pessoas com comorbidades. A população prioritária desta campanha, que não considera esses grupos, é de 54,2 milhões de pessoas.

Ainda de acordo com o governo, nenhum grupo prioritário atingiu a meta de vacinação. Entre os públicos-alvo, os idosos registraram a maior cobertura vacinal, com 15,1 milhões de doses aplicadas, o que representa 72,4% desse público, seguidos pelas puérperas (71,2%) e pelos indígenas (68,6%).

A vacina contra a gripe está disponível nos postos para crianças de 6 meses a menores de 5 anos; pessoas com 60 anos ou mais; trabalhadores de saúde; povos indígenas; gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto); população privada de liberdade; funcionários do sistema prisional; pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais; e professores.

Prevenção

A coordenadora Nacional do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Carla Domingues, alerta sobre a importância do público-alvo se imunizar o quanto antes para evitar a gripe e seus possíveis agravamentos.

“É importante que a população da campanha se vacine neste período para ficar protegida quando o inverno chegar. A vacina demora 15 dias para fazer efeito no organismo, por isso, o Ministério da Saúde planeja a campanha antes do inverno, período de maior circulação dos vírus da influenza”, destacou a especialista.

A transmissão dos vírus influenza acontece por meio do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. Também se dá por mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz).

À população em geral, o Ministério da Saúde orienta a adoção de cuidados simples como medida de prevenção para evitar a doença, como: lavar as mãos várias vezes ao dia; cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar; evitar tocar o rosto; e não compartilhar objetos de uso pessoal.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.