Brasil

Brasileiro gasta cerca de 13% da renda total com transporte

 

Uma pesquisa realizada pela Kantar Worldpanel mostra que 13% da renda total do brasileiro é comprometida com os altos gastos de transporte, gerando em média um custo anual de R$ 5.124,70. Este gasto fica atrás apenas da alimentação dentro do lar e habitação.

Segundo o levantamento, a maior despesa em transporte é com combustíveis, seguido da parcela do financiamento, compra à vista de veículo, transporte público, imposto – IPVA, manutenção, seguro, consVale-transporteórcio, entre outros. Só nos últimos cinco anos a parcela de gastos destinada a combustíveis e financiamento de veículos cresceu 4% e 9%, respectivamente. Ainda segundo o levantamento, a classe A/B1 foi a que mais aumentou os custos com transporte (70%), chegando a registrar um valor médio por ano de R$ 13.943,00.

Logo em seguida, quem se destaca com os altos gastos é a classe D/E, que registrou um crescimento de 65% no período de 2009 a 2013, com uma despesa média anual de R$ 1.976,61. Parte desse desempenho se deve ao aumento de 60% dos gastos com financiamento de carros e motos e, consequentemente, um aumento de 33% das contas com combustíveis (gasolina, álcool, diesel).

Já a classe A/B2 registrou um aumento de 57%, com custo médio de R$ 8.115,85. Com um crescimento de 36%, as classes C1 e 2 gastaram durante o ano, em média, R$ 4.612,36 e R$ 2.678,25, respectivamente. Kantar Worldpanel é líder mundial em conhecimento do consumidor. Para mais informações, acesse www.kantarworldpanel. com/br

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.