Araucária

Brafer dobrará produção com nova fábrica em Araucária

Prestes a completar 40 anos de atividades, a Brafer, indústria paranaense de estruturas metálicas, se prepara para ampliar produção e ganhar mercado, especialmente com a galvanização de aço. A nova unidade começa a ser construída em outubro deste ano em Araucária e vai dobrar a operação do processo de galvanização, tecnologia que praticamente anula a necessidade de manutenção das peças.

Serão R$ 40 milhões em investimento, a metade por financiamento pelo BNDES, na consolidação do plano de expansão que vinha sendo adiado há cinco anos. “Temos poucas fábricas desse segmento no país e vemos boas perspectivas para atender ao mercado e à nossa própria produção”, explica o vice-presidente Luiz Carlos Caggiano.

O processo de galvanização dá ao metal uma vida útil de mais de 50 anos, contra os cinco a dez anos da peça que recebe pintura. O fim da manutenção acaba compensando o custo 5% maior do que o acabamento em pintura. Esse é o principal argumento de venda da empresa para convencer a clientela a migrar para a modalidade galvanizada na construção de barracões industriais, por exemplo.

O processo químico envolve banhos de ácido clorídrico e zinco, o que exige cuidados maiores com o tratamento de resíduos para preservação do meio ambiente. Na nova unidade, fornos, equipamentos e renovação da tecnologia deverão consumir até 40% do investimento.A estratégia da Brafer é estar pronta para a produção de 4 mil toneladas de metal galvanizado por mês com a nova unidade – o dobro do que é produzido hoje – e poder atender ao mercado na recuperação econômica do país. “Sabemos que hoje o número de clientes é menor. Mas a crise vai passar e estamos apostando nessa oportunidade”, diz. Depois de pronta, a planta de galvanização da Brafer vai passar de 75 para 120 funcionários. Ao dobrar a operação de galvanização, a nova unidade vai impactar em 10% de crescimento do faturamento do grupo.

Fábrica em Minas

Ainda em 2015, a empresa inaugura uma nova unidade de serviço em Juiz de Fora, Minas Gerais, para a compra e beneficiamento de chapas e barras de aço. A produção de componentes metálicos mineira deve começar ainda este ano e vai abastecer unidades da Brafer no Paraná e no Rio de Janeiro, além de atender ao mercado. Quando estiver em plena capacidade, a unidade vai produzir 2 mil toneladas de aço e aumentar em 25% o faturamento do grupo.

Apesar do ritmo de inaugurações e projetos de expansão, Caggiano admite que a crise não tem ajudado nos negócios. A Brafer fechou 2014 com faturamento de R$ 410 milhões e prevê uma queda de 30% na receita bruta para este ano. “Mas a crise é passageira e vamos manter os investimentos”, diz.

 

Gazeta do Povo

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.