Mundo

Bebê é retirada viva de carro semi-submerso 14 horas após acidente

Da BBC Brasil

Uma criança de pouco mais de um ano de idade sobreviveu a um acidente automobilístico e ficou por 14 horas dentro de um carro parcialmente submerso em um rio nos Estados Unidos. A menina de 18 meses foi encontrada pendurada de cabeça para baixo logo acima da água. Ela foi achada por um pescador na tarde de sábado.

A mãe do bebê dirigia por uma rodovia do Estado de Utah quando o carro bateu em uma barreira de cimento e caiu no rio. O acidente ocorreu durante a noite e por isso ninguém percebeu o que havia acontecido até o dia seguinte. Bombeiros levaram a criança para um hospital em Salt Lake City, onde sua condição de saúde melhorou de crítica para estável.

viva

(Foto: Reprodução Portal BBC Brasil)

A mãe, Lynn Groesbeck, de 25 anos, foi encontrada morta no banco do motorista.

Tarde da noite

Segundo o policial Cory Slaymaker, Groesbeck havia visitado seus pais na sexta-feira e saiu da casa deles por volta de 22h30. O acidente aconteceu quando ela voltava para sua cidade, Springville. O pescador só encontrou o veículo, parcialmente submerso, por volta de 12h30 do dia seguinte. “Os parentes não perceberam que elas estavam desaparecidas”, afirmou Slaymaker.

Três policiais e quatro bombeiros que entraram no rio Spanish Fork para prestar Socorro foram depois hospitalizados com hipotermia.
A polícia disse que não daria mais detalhes do caso.

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.