Araucária

ATENÇÃO USUÁRIOS DO LIGEIRINHO ARAUCÁRIA/CTBA: A partir de sábado o ônibus não irá mais até o centro

Ligeirinho-Curitiba

Por Aécio Novitski com Assessorias

Acabou! Esta é a palavra mais dita por usuários da Rede Integrada de Transporte nesta quarta-feira. Segundo a comec, empresa que gerencia o transporte na região metropolitana, reduções de trajeto estão ocorrendo para que não haja o fim da integração.

A partir de sábado, haverá alteração no local de integração de quatro linhas Ligeirinho metropolitanas integradas. A linha (Ligeirinho) Colombo-CIC terá seu ponto de integração no terminal do Cabral. O ponto de integração do Ligeirinho Araucária-Curitiba passará a ser o terminal do Capão Raso. Passageiros da linha São José-Barreirinha terão como ponto de integração o terminal do Boqueirão. E a linha Campo Largo-Curitiba terá como ponto de integração o terminal do Campina do Siqueira.

Ligeirinho Araucária/Curitiba – esta linha será uma das mais encurtadas pela comec, ela deixará de ir até o centro de Curitiba para terminar no Terminal Capão Raso. Com isso será desativada a estação Rui Barbosa, na Desembargador Westphalen, quase esquina com Visconde de Guarapuava. Em função da mudança feita péla Comec, o ligeirinho Curitiba/Araucária não vai mais parar na estação tubo Vila Guaira.

Ligeirinho Campo Largo/Curitiba – também o teve a extensão da linha reduzida pela Comec, passando a ter ponto final no Terminal Campina do Siqueira e não mais na estação Hospital Militar, na rua Vicente Machado. Como este era o único ônibus que parava nessa estação, ela será desativada.

Cortes

As quatro linhas metropolitanas que passarão a fazer trajetos mais curtos a partir de sábado (14) atendem, por dia, 82 mil passageiros. O mais carregado deles é o Colombo/CIC que transporta por dia 35,8 mil passageiros e tem um trajeto, ida e volta, de 43,2 quilômetros.

A segunda linha mais carregada é a Curitiba/Araucária, que atende 19,9 mil passageiros por dia, com um trajeto total de 54,9 quilômetros. O Barreirinha/São José transporta por dia 17,5 mil passageiros e faz um trajeto total de 43,1 quilômetros. O Campo Largo/Curitiba atende 8,1 mil passageiros com um trajeto de 54,7 quilômetros.

A decisão da Comec representa, na prática, um corte na oferta do transporte metropolitano integrado, com a redução do trajeto. A linha São José/Boqueirão terá uma extensão de 7,2 quilômetros, enquanto a linha Barreirinha/São José tem 43,2 quilômetros.

O trajeto da Araucária/Capão Raso será reduzido de 54,9 para 39,5 quilômetros. A Colombo/Cabral fará um trajeto de 18 quilômetros, enquanto a Colombo/CIC faz 53,2 quilômetros. A linha Campo Largo/Curitiba será reduzida de 54,7 para 49,8 quilômetros.

 

PARA MANTER INTEGRAÇÃO – “A mudança exigirá um período de adaptação, mas temos que adotar esse novo modelo por conta da decisão de Curitiba, de acabar com a integração financeira”, afirma o presidente da Coordenação da Região metropolitana de Curitiba (Comec), Omar Akel.

PERGUNTAS E RESPOSTAS

A integração metropolitana vai acabar?

Não. A Comec faz adequações no sistema para manter a integração e o preço da passagem

Que tipo de Vale Transporte será aceito nas linhas metropolitanas integradas?

Temporariamente, será necessária a utilização de um Vale Transporte de papel até a implantação da bilhetagem eletrônica (cartão metropolitano).

Uso o transporte metropolitano integrado. Como devo proceder no pagamento da passagem?

Nos ônibus, tubos e terminais identificados com “M” serão aceitos o Vale Transporte de papel e dinheiro. Em São José dos Pinhais poderá ser aceito o cartão transporte VEM.

Como e onde consigo o Vale Transporte de papel?

O Vale Transporte de Papel poderá ser adquirido a partir de 11 de fevereiro na Metrocard (Rua Benjamin Constant, 148, Centro, Curitiba) e nos terminais metropolitanos. Informações pelo telefone: 3093 3232.

O Cartão Transporte da URBS (linhas urbanas) será aceito nos ônibus, tubos e terminais metropolitanos integrados?

Não. Assim como o Vale Transporte de papel não será aceito nos ônibus, tubos e terminais urbanos integrados.

Comprei antecipadamente créditos para o Cartão Transporte da Urbs. O que acontece com esses créditos?

Não serão perdidos. Continuam valendo para os ônibus, tubos e terminais integrados de Curitiba

 BandaB/Comec

Receba notícias no seu WhatsApp.

Leitores que se cadastrarem no serviço serão incluídos em uma lista de transmissão diária, recebendo no celular as principais notícias do dia.

Aécio Novitski

Idealizador do Site Araucária no Ar, Jornalista (MTB 0009108-PR), Repórter Cinematográfico e Fotógrafico licenciado pelo Sindijor e Fenaj sobre o número 009108 TRT-PR

Leia também

13 Comentários

Os comentários não representam a opinião deste site; a responsabilidade é exclusiva de seus autores. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

  1. Discordo com os valores de 3,30 e axo q o tempo q vão gastar para os vales transporte d papel tem q ser mantido o cartão transporte até q estejao protocolo o novo cartão metropolitanos.

  2. Bom podemos ate aceitar esta decisão, agora que tal o governo extinguir a Comec, para economizar não tem sentido manter toda esta estrutura a partir de agora.

  3. Gostaria de saber se vao reembolsar o dinheiro q acabei de carregar meu cartao da urbs ja q vou ter q comprar o vale transporte de papel também ? E ai alguem da urbs pode me responder por gentileza.

  4. Acho que a tarifa é cara perante a frequencia atual de onibus para a cidade de araucaria nao é tao frequente os onibus, com a diminuição se houver aumento da frequencia fica bom agora continuar pagando caro e ainda +1 outra passagem para o centro é complicado, muita gente trabalha pra la tambem, porem aqui muitos sao dai haha meio comediante, parece ate proposital para maior investimento financeiro das caixinhas… vai saber, se é adpatação de ordem ou de escolha, nunca é declarado depois somos errados.

  5. Utilizo o ligeirinho todos os dias para ir até o centro de Curitiba. Com essas mudanças, especialmente na forma de pagamento, terei que pagar outra passagem ao chegar no terminal Capão Raso para pegar outro ônibus?

  6. isso e um absurdo para a populaçao de curitiba e regiao sendo que 90% precisam ir ate o centro porque tem o seu modo de sustento seu modo de sobreviver la com o seu trabalho se os governantes parassem pra pensar e ver o brasileiro quer uma vida digna onde seus entes queridos tenham saude educaçao um meio de transporte e uma passagem de qualidade assim como o direito em de ir e vir e tambem o direito de poder opinar pra que tanto dinheiro no bolso pro povo brasileiro nao ver o retorno de nada sendo que a saude a educaçao o transporte estao todos precarios senhores governantes olhem pelo povo afinal sao por eles que vcs estao ai

  7. Quer dizer que a Prefeitura de Curitiba é obrigada a manter o transporte coletivo de todas as cidades da região? Pq as prefeituras de cada cidade não bancam a sua parte nisso e mantém a integração?

  8. Sobe pra 5 reais e mantem integrado ! sou estudante moro em araucária e estudo em Curitiba por morar em uma cidade e estudar em outra não tenho direito a meia passagem de estudante , sempre paguei valor total desde inicio da universidade ! agora vou ficar sem ônibus pra ir até o centro de Curitiba ,até hoje uso dois ônibus um em araucária e outro até Curitiba , dois ônibus pra ir e dois pra voltar

  9. Mas que palhaçada dessa URBS!!! eu achava que o transporte publico servia para facilitar para o povo, mas pelo jeito me enganei… este serviço não vale 3,30

  10. Isso td é um abuso com a população e os empresário o que os dois em questão vão fazer quem vai pagar essa passagem e o tempo perdido ? Claro quem ta no poder náo anda de ônibus, e onde estão que nem satisfação dão a população… Acho que passou da hora dessas empresas pararem de ganhar dinheiro em cima da população.

  11. Tem uma pergunta na reportagem acima sobre o fim da integração, e a resposta foi não, pois é hoje gasto 13,20 pra ir e voltar curitibaxaraucaria e ai comec , mentir a população e roubar a população td bem, vcs são um bando de FP.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Notamos que você possui um
ad-blocker ativo!

Produzir um conteúdo de qualidade exige recursos.
A publicidade é uma fonte importante de financiamento do nosso conteúdo.
Para continuar navegando, por favor desabilite seu bloqueador de anúncios.